No próxima segunda-feira (30), encerra-se a Campanha Nacional contra a Poliomelite, também conhecida como paralisia infantil. É uma doença provocada por vírus que afeta o sistema nervoso e pode levar à paralisia irreversível dos membros.

Para reforçar o atendimento no município, principalmente a quem não consegue se desalocar ao posto de saúde no horário de funcionamento normal, as unidades de saúde dos bairro Bela Vista, Ponte do Imaruim, Centro e Pinheira funcionarão neste sábado (28), das 8h às 13h, como um incentivo exclusivo para esta campanha de vacinação.

Devem ser imunizadas contra a pólio crianças com idade entre 6 meses e 5 anos incompletos. As que forem se vacinar poderão atualizar suas cadernetas de vacinação para a tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba e é destinada a crianças com idade entre 1 e 5 anos incompletos.

68% da meta

De acordo com o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, Palhoça vacinou apenas 68% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para o município, que é de pouco mais de 8 mil doses aplicadas.

A secretária municipal de saúde, Sandra Ribeiro de Abreu, garante que as unidades de saúde estão preparadas para prestar um atendimento seguro. “Assim como vem sendo realizado durante toda a pandemia de Covid-19, estamos praticando todos os protocolos de triagem, higienização, proteção e distanciamento para prevenir a infecção pelo coronavírus”, explica.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp