Das inúmeras coisas que se poderia fazer para melhorar o Brasil, os Jogos Olímpicos não é uma delas. Eu, mesmo, não entendo por que forçaram para trazer Copa e Olimpíadas para cá. Por que os dois eventos? Se fosse para “divulgar o Brasil”, um dos dois (bem feitinho) bastava. Não precisava desses dois rombos no nosso... 05-BandeiraDoBrasilEstava vendo alguns números, e o valor gasto com os “Jogos Olímpicos” ultrapassaram (2015) os 39 bilhões de reais. Para ter uma ideia, o orçamento (dado coletado na Folha) para o Ministério do Esporte (ano de 2015) foi de 0,9 bilhão de reais. Ou seja, se a gente arredondasse para 1 bilhão/ano, o valor gasto com a Rio 2016 daria para bancar este ministério por 39 anos. Ou ainda, dobrar a verba destinada e mantê-la por uns 20 anos. Seria um bom modo de incentivar o esporte para crianças e jovens que estão na rua, que não têm atividade fora de sala de aula. Nesta semana mesmo, Eduardo Paes sugeriu que os cariocas circulassem o mínimo possível durante a abertura dos jogos. Ou seja, isolando a população da “festa” que nós mesmos pagamos. O que não é novidade, não é? O Brasil inteiro, que está pagando esse tufo, tem que assistir os jogos pela televisão, narrado pelo time de azul da Globo. Exatamente como foi em Pequim, Londres e nos outros países. E o pessoal do Rio é orientado a não sair de casa e, quando sair, não usar as faixas de trânsito exclusivas para as comitivas, senão leva multa. E, se quiser assistir o Safadão cantando (bela representação nacional) na abertura, tem que comprar um ingresso, pagando entre 200 a 4000 reais (agora só tem disponível de 3000 a 4000). É tudo uma piada. Desde o orçamento, os gastos exagerados, a má gestão do negócio, a falta de estrutura e falta de comprometimento na execução de todos os projetos. Nem com o lixo da Baía de Guanabara conseguiram dar um jeito. Nem na instalação elétrica dos australianos fizeram decentemente! Ao invés de sentirem vergonha pela confirmação da incompetência da nossa gestão pública (porque, na verdade, estamos transferindo nossa má gestão do sistema público, para os jogos do Rio. É um espelho.) ainda fazem chacota. Prometem cangurus para que os conterrâneos do Crocodilo Dundee se sintam em casa. Até a condução da tocha foi vergonhosa. Teve tropeço, gente que quase desmaiou, caiu, quase queimou o cabelo e não sabem por quê! Também, nunca correram nem até a esquina para comprar pão e querem fazer cena? Esse é um momento voltado para o esporte. É uma consagração esportiva. Quem tem que conduzir essa caceta é atleta, não dona de loja de eletrodoméstico, nem apresentador de TV. E, pelamordedeus, não tem que levar animal para exibição pública, como a pobre Juma (que Deus a tenha). Nem olhei a lista dos condutores aqui da cidade, ainda quero olhar, mas sei de uns cinco nomes de grande representatividade esportiva de nossa cidade que não foram escalados para essa condução. Vou dar uma conferida no currículo dos condutores jaraguaenses. Até ontem, a expectativa era para ver quem acenderia a Pira Olímpica. Alguns nomes de especulação foram Pelé e Guga. Mas, do jeito que anda essa palhaçada toda, não me espantaria se, na hora H, aparecesse o Patati e o Patatá com a chama na mão. Um de verde, o outro de amarelo.