Odair Tramontin, candidato do Novo a governador, aposta na base do partido na região para iniciar campanha

Foto: Áurea Arendartchuk

Por: Áurea Arendartchuk

03/08/2022 - 06:08 - Atualizada em: 03/08/2022 - 08:06

O candidato do partido Novo ao governo de SC Odair Tramontin esteve na terça-feira (2) em Jaraguá do Sul para participar de reuniões com os candidatos a deputado federal e estadual da sigla, com integrantes do partido e traçar estratégias da campanha que começa em breve. Tramontin também visitou lideranças empresariais e veículos de imprensa. Em Guaramirim, ele foi ao Aeroparque e futuro Complexo Multimodal.

Em entrevista à Coluna Plenário, Tramontin disse que nestes dois meses que faltam para as eleições pretende reforçar o contato nas cidades onde o Novo terá candidatos e visitar os lugares onde ainda o partido ainda não é tão conhecido.

Na região Norte, principalmente Jaraguá e Joinville, Tramontin destaca que o fato do Novo ser conhecido por conta dos vereadores da sigla eleitos na duas cidades e no caso de Joinville, o prefeito e a vice do partido, auxiliam para que seu nome seja conhecido entre os eleitores.

Lançamento da campanha

O Novo foi o primeiro do Estado a realizar a convenção partidária, no dia 20 de julho. Na ocasião foi definido que o partido vai de chapa pura tendo como vice de Tramontin, o empresário Ricardo Althoff, de Criciúma. O Novo contará ainda por SC com 31 candidatos a deputado estadual, 13 a deputado federal, um para Senador e Felipe d’Avila como candidato a presidente da República.

O lançamento da campanha do Novo deve ocorrer no dia 27 de agosto, em Blumenau, cidade onde Odair Tramontin mora e onde atuou como promotor de justiça, agora licenciado.

Plano de governo

Sobre o Plano de Governo, Tramontin comenta que está em fase final de elaboração e que está sendo constituído com as demandas que ele captou durante suas viagens pelo Estado como pré-candidato. “Nosso plano de governo deve ser passível de realização e que possamos dar soluções simples para problemas complexos.”

Entre eles, está a infraestrutura rodoviária. “As rodovias estaduais estão abandonadas, em péssimas condições. Não tem nenhum buraco com menos de quatro anos e em especial no Oeste. Vamos incorporar no plano de governo o programa Voz Única da Facisc que levantou em todo o Estado as principais demandas, principalmente de infraestrutura e isso mostra que já estamos em conexão com os segmentos organizados”, comenta.

Outra bandeira que deve ser apresentada no plano é da saúde. “Nunca o Estado esteve numa situação financeira tão boa e, na contramão, nunca tantas pessoas estiveram na fila de espera por uma cirurgia chegando a mais 100 mil. O que demonstra que o problema da saúde, não é dinheiro e sim gestão. Vamos enfrentar esse problema com um choque de gestão na saúde”, afirma.

Renúncia do fundo eleitoral

Tramontin lembra que o Novo é o único partido entre os mais de 30 existentes no País que não utiliza recursos do fundo eleitoral que este ano chegará a R$ 4,9 bilhões a serem destinados às siglas para a campanha eleitoral. O pré-candidato observa que o valor chega perto do orçamento de 2022 da União que é de R$ 7 bilhões para investir na infraestrutura de todo o País.

“Faremos nossa campanha com nossa militância na rua. Mas também estamos com vaquinhas virtuais desde maio, doações de pessoas físicas e simpatizantes do partido Novo que são muitos. E acrescento que temos despesas muito franciscanas. Teremos uma campanha muito pé no chão”, acrescenta calculando que sua campanha deve ficar em torno de R$ 700 mil a R$ 800 mil.

Segundo ele, existem partidos que devem receber até R$ 50 milhões para investir na campanha, recursos estes vindos do fundo eleitoral e portanto, dinheiro público. “Mas o fato da gente fazer uma campanha sem usar dinheiro público chama a atenção e faz os eleitores terem um olhar diferente para nosso jeito de fazer política”, comenta.

Candidatos da região

Na região, o Novo confirmou o nome de Djéssica Barbosa, de Jaraguá do Sul, como candidata a deputada federal e de Leandro Schmockel, também daqui, e Eliane Terezinha Alves, de Guaramirim, como candidatos à Assembleia Legislativa.

Nome conhecido do Novo, Leandro concorreu a deputado federal em 2018 quando obteve 23 mil votos e em 2020 concorreu a prefeito de Jaraguá tendo recebido também o mesmo número de votos. “A expectativa do Novo é eleger cinco deputados estaduais e três federais e estamos trabalhando para isso, com o apoio do partido aqui da cidade, dos nossos dois vereadores e dos nossos filiados que chegam a quase 200. Com o resultado que tivemos nas últimas duas eleições, temos um bom respaldo da população para este pleito “, destaca.

Djéssica comenta que no seu caso, como ainda não é muito conhecida, precisa se apresentar à população, mas acredita que por ser a única mulher candidata a deputada federal na região, isso a ajude na campanha.

Leandro Schmöckel, Odair Tramontin e Djéssica Barbosa | Foto: Áurea Arendartchuk