Ministro prevê que o mercado de trabalho voltará a crescer

Colunistas

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sábado, 04:00 - 18/06/2016

OCP News Jaraguá do Sul
O ministro do Trabalho e Previdência Social, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), acredita que o mercado de trabalho voltará a crescer a partir do terceiro trimestre deste ano, como consequência da retomada da credibilidade dos investidores e do aumento do consumo pela população. A melhora dos indicadores de emprego acontecerá simultaneamente à recuperação da economia, na opinião do ministro. Segundo Nogueira, o governo interino de Michel Temer não planeja qualquer intervenção para evitar o aumento do desemprego ou para estimular a criação de vagas. A retomada do mercado de trabalho será natural, disse o ministro, que descartou a adoção de novas medidas dentro do Programa de Proteção ao Emprego (PPE), para convencer a indústria a não demitir.

* * *

R$ 272 bilhões

As 135 pessoas físicas e empresas que mais devem impostos federais no Brasil acumulam, juntas, uma dívida de R$ 272,1 bilhões. O montante cobriria, com folga de R$ 100 bilhões, o déficit fiscal deste ano. A lista de inadimplentes revela que as indústrias de transformação são as maiores devedoras — 27,4% do débito total. As empresas do ramo de comércio e de reparação de veículos vêm em seguida — 23,59%. Mais da metade dos valores é devida em SP (41,85%) e RJ (16,71%).

* * *

Pela continuidade na UE

O Reino Unido vai enfrentar riscos econômicos maiores de decidir deixar a União Europeia do que se permanecer no bloco, disse ontem a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde. “O risco econômico está firmemente para o lado de sair” do bloco, disse Lagarde em um painel em Viena sobre os desafios enfrentados pela Europa. “Há... um caso claro de como a Inglaterra tem se beneficiado, e vai continuar a se beneficiar de sua participação na União Europeia”, afirmou.

* * *

Recuperação

Alguns setores da indústria de transformação começaram a mostrar crescimento da produção. Um levantamento feito pela consultoria MacroSector, com base em dados do IBGE, mostra que no trimestre entre fevereiro e abril cinco de 25 setores tiveram alguma reação positiva. Entre os setores que tiveram alguma reação no último trimestre, o estudo aponta a produção de alimentos, que cresceu 4% entre fevereiro e abril na comparação anual, ante queda 1% entre novembro e janeiro. Além dos alimentos, a produção de bebidas não alcoólicas cresceu 5% entre fevereiro e abril. Celulose, papel e remédios, com taxas de expansão de 18% e de 5% no último trimestre, respectivamente, engrossam a lista dos setores que exibem resultados positivos. O quinto setor é o de produtos de madeira que não inclui móveis.

* * *

Palestra destaca a força feminina

Mãe, empresária, palestrante, consultora, instrutora e professora. O perfil de vv resume as multifacetas que acompanham o dia a dia de muitas mulheres que se desdobram no lar e no mercado de trabalho. Esta será a abordagem que a especialista propõe na palestra “Mulheres Equilibristas: Carreira, família e sonhos”, que o Núcleo de Mulher Empreendedora Acijs-Apevi  promove no próximo dia 21, terça-feira, no Centro Empresarial. O evento ocorrerá às 19h30 e as inscrições, no valor de R$ 30, podem ser feitas pelo telefone (47) 3275-7025. Administradora com pós-graduação em consultoria empresarial, Adiana Loch é diretora da Clarius Team e colunista do blog Empreendedorismo de Batom.

×