Em dias de chuva alguns cães podem se comportar de forma um tanto estranha. Babam, tremem, ficam ofegantes e quase sempre tentam se esconder em espaços em que não cabem. Essa reação a princípio esquisita pode ser porque seu cão tem medo dos grandes barulhos causados nesses dias. Esse medo também ocorre com o barulho de fogos de artifícios comuns em dias de jogos de futebol e comemorações. Por que isso acontece? Diferente do que muitos imaginam um comportamento aflito diante de fogos ou trovões não se deve a uma possível dor de ouvido. Apesar da ótima audição, os cães se assustam porque associam o barulho à aproximação de perigo. Estrondos passam a ideia de que algo grande e poderoso se aproxima, por isso, mesmo dentro de casa, muitos cães se sentem ameaçados. Como ajudar seu cão: Um local seguro e agradável. Se o seu cão procura um lugar para se abrigar quando está com medo, permita que ele fique lá. Não demonstre medo. Abaixar e tentar protegê-lo nos momentos de aflição, ao contrário do que muitos imaginam, não é uma boa solução. Sua postura corporal significa muito para os cães e quando você agacha pode transmitir a ele que também está com medo do perigo que se aproxima. Converse com seu veterinário! Em alguns casos o uso de medicamentos pode ser indicado paralelamente ao treinamento. Consulte seu veterinário para que ele receite um remédio para ajudar a tranquilizar o seu cão em dias barulhentos, evitando novos traumas. pagina 15