Mãe é m tipo de fenômeno que deveria ser estudado. Não existe explicação científica sobre como elas sabem e fazem tantas coisas. Como podem dar conta de serem tudo, fazerem tudo e ainda sorrirem!

Você já percebeu que as mães são meio meteorologistas? Elas sempre acertam o clima! São meio videntes, preveem o futuro tão rapidamente que chega a ser assustador! São sensitivas, sabem antes de todo mundo quando alguém se aproxima do filho, mas não é "gente boa". E nessa de adivinhas, sensitivas ou videntes, elas são capazes de saber o que o filho precisa, sem precisar estar perto dele.

Elas costumam dizer que veem nos olhos dos filhos quando algo deu errado, sem precisar perguntar. Elas também têm o poder da visão universal, mesmo sem estar vendo elas sempre sabem, e dizem, "desce daí menino", ou então "nem ouse mexer nisso".

Mães se alegram com coisas inimagináveis, como, por exemplo, quando o bebê faz cocô, que não fazia há dias ou quando o filho liga só para dizer um "Oi". Se orgulham de cada conquista por mais simples que pareça: o primeiro sorriso, a primeira vez que a criança sentou, quando aprendeu amarrar os sapatos, a primeira vez que andou de bicicleta sem rodinhas.

O mais interessante é que, além disso tudo, elas ainda são a cura para a maioria dos problemas. Se o filho está triste a mãe sabe como alegrá-lo, se machucou o beijo é analgésico, se caiu o colo o faz levantar, se está na dúvida o conselho direciona, se está sozinho ela é a companhia, se está confuso ela traz a clareza, se está fraco ela é a força!

Mãe é assim, algo incrível! Uma mistura de mágico, super-herói com médico e psicólogo, sempre pronta para renunciar a si mesma pela felicidade do filho. É uma espécie única e distinta capaz de brigar com o mundo para defender o filho. Mãe educa, acolhe, briga, entende, celebra, aceita, preserva, dá de comer, vestir e faz tudo isso pelo simples fato de amar incondicionalmente. Porem as mães não são somente super-heroínas elas também trabalham, choram, se entristecem, se arrependem, cansam, tem vontades e desejos próprios. Elas sonham e superam todas as coisas, dia após dia. As mães só não são perfeitas porque um dia elas também se vão. Mães não deveriam ter prazo de validade, elas deveriam ser eternas!

A Escola Loni Emmendoerfer parabeniza todas as mamães por este dia maravilhoso!