mercado inflação preços altos - em A inflação oficial brasileira, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,35% em junho, segundo divulgou ontem o IBGE. É o menor resultado mensal desde agosto passado. Em maio, a taxa tinha sido de 0,78%. No primeiro semestre do ano, a expansão é de 4,42%. Já o resultado acumulado nos doze meses encerrados em junho ficou em 8,84% — primeira vez que fica abaixo de 9% desde junho de 2015. O mês de junho trouxe forte desaceleração das taxas de inflação. O resultado de 0,35% foi menos da metade dos 0,78% de maio. E a inflação nos primeiros seis meses do ano, de 4,42%, ficou bem abaixo da taxa registrada em igual período de 2015, de 6,17%. A expectativa dos economistas era de que a inflação em junho fosse de 0,37%, mas as estimativas variavam entre 0,16% e 0,65%. A previsão para a taxa acumulada em doze meses, por sua vez, era de 8,87%, com números entre 8,71% e 9,06%. Metade da alta do mês veio do grupo de alimentos e bebidas, com impacto de 0,18 ponto percentual. Os preços do grupo subiram 0,71%. Entre os alimentos, os itens com alta mais acentuada em junho foram o feijão-carioca (41,78%), feijão-mulatinho (34,15%) e leite longa vida (10,16%). Mas alguns itens também registraram deflação, como foi o caso de cenoura (-23,72%), cebola (-17,78%) e açaí (-12,68%). linha azul Negócios de família A Prefeitura do Rio de Janeiro contratou sem licitação duas empreiteiras da família do deputado André Lazaroni, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Rio, para concluir obras olímpicas em atraso. Os contratos somam mais de R$ 100 milhões e estão sendo investigados pelo Tribunal de Contas. linha azul US$ 3 bilhões Este é o valor captado pela Petrobras em uma nova operação no mercado internacional. A operação foi iniciada na manhã de quinta-feira e encerrada no início da noite, com a emissão de títulos. Os recursos serão utilizados para o alongamento do perfil da dívida da Petrobras, ou seja, trocar dívidas que estão vencendo no curto prazo. linha azul R$ 2,5 bilhões A Receita liberou ontem a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2016. Um total de R$ 2,5 bilhões deve ser pago a quase 1,5 milhão de contribuintes no próximo dia 15. linha azul Regras mais rígidas O governo federal vai encaminhar ao Congresso uma medida provisória que revisa e torna mais rígidas as regras para a concessão do auxílio-doença e da aposentadoria por invalidez. O texto fixa, por exemplo, um prazo de 120 dias para a suspensão automática do auxílio-doença que tenha sido concedido sem data para acabar. A regra vale inclusive para o benefício dado por meio de decisão judicial. As ações fazem parte de um esforço do governo para reduzir gastos públicos. Segundo cálculos da equipe econômica, existem hoje 840 mil auxílios-doença que foram concedidos há mais de dois anos, boa parte por decisão judicial. Isso, segundo os técnicos, indica que essas pessoas já poderiam ter retornado ao mercado de trabalho e só não o fizeram porque não passaram por perícia médica. Essa despesa chega hoje a R$ 1 bilhão por mês. linha azul Danone compra a White Wave por US$ 10 bilhões Com a compra da empresa americana WhiteWave Foods, o grupo francês Danone anunciou que deseja assumir a liderança mundial da alimentação orgânica. O negócio de US$ 10 bilhões é a maior aquisição da gigante francesa em 10 anos. A empresa americana, que tem 5.500 funcionários, comercializa produtos orgânicos, alternativas vegetais ao leite e ao iogurte, produtos frescos, entre outros, por meio de marcas como Silk, Horizon Organic ou Earthbound Farm. A transação, que será financiada na íntegra com base na dívida, permitirá à Danone “duplicar seu tamanho nos Estados Unidos”, afirmou Emmanuel Faber, CEO da empresa francesa. linha azul

Grife brasileira na realeza

alx_montagem-kate-middleton_original

A princesa Kate Middleton usou um look todo brasileiro para o jantar beneficente do ArtFund Museum, no Museu de História Natural de Londres, esta semana. A Duquesa de Cambridge optou por um vestido assinado pela estilista gaúcha Barbara Casasola, que atualmente mora no Reino Unido e apresenta suas coleções na semana de moda britânica. A peça custa 9.780 reais.