O Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), cresceu 4 pontos de setembro para outubro.

Com a alta, o indicador chegou a 86,1 pontos, em uma escala de zero a 200, um patamar ainda baixo em termos históricos, resultado particularmente negativo em razão do momento para o comércio - os meses de outubro, novembro e dezembro são os três meses de maior movimentação no setor, e com a confiança do consumidor em baixa, o período tende a ser mais frio do que o esperado.

No entanto, a expectativa para o futuro avançou 6,1 pontos e chegou a 99 - o patamar mais alto desde abril deste ano -, indicador ainda considerado negativo, mas no limiar da neutralidade. Em contrapartida, a avaliação do momento presente teve queda de 0,4 ponto, fechando o período em 71,9.

Segundo a coordenadora da Sondagem do Consumidor da FGV, Viviane Seda, o resultado mostra que o consumidor está esperançoso e otimista em relação aos próximos meses, mesmo sem ainda ter um resultado das urnas.

“O fim do período eleitoral diminui a incerteza política e gera expectativa de mudanças na condução da política econômica para o início do novo governo”, disse a pesquisadora.

O país passa por um dos processos eleitorais mais polarizados de sua história, encerrando um ano marcado por crises políticas e econômicas, o que deixa para a próxima gestão um legado de questões a serem resolvidas, entre reformas legais, obras estruturantes e cortes nas despesas do Estado, além de perda de presença em mercados internacionais.

Estes fatores culminaram no cenário de incerteza que marcou o ano e o processo eleitoral - durante o qual a cotação da moeda americana chegou ao seu maior patamar histórico, em R$ 4,1919, enquanto outros indicadores econômicos tendiam para queda.

Independente do resultado eleitoral, há uma certa expectativa por estabilidade no cenário com a determinação de uma pauta para o país, o que ajuda a recuperar a confiança para o futuro - mas o legado Temer deixa uma incerteza até o fim do ano.

Centro de Inovação é foco de reunião na sexta

A comissão especial que estuda o edital de chamamento público para organizações sociais para o Centro de Inovação se reúne nesta sexta-feira (26) às 8 horas, na Prefeitura, para deliberação sobre as entidades qualificadas.

Em conjunto, será discutida também a criação da nova pré-incubadora ligada à Católica de Santa Catarina, Inova Católica, e a migração da atual incubadora, JaraguaTec, para o Centro de Inovação.

CDL Guaramirim realiza seleção

Diretores da CDL Guaramirim realizaram  na última sexta-feira (19) a seleção do Recicla CDL na Escola.

Participaram o presidente Volnei Domingos Barella, a conselheira fiscal Ivone Heizen, o gerente da Sicood de Guaramirim, Ismael Moterle, e as professoras Luciene Martins Franco e Heloisa Karina Marinho Kochella.

Subway em dobro hoje

A promoção “Mande Bem em Dobro - 2x1” da rede de lanchonetes Subway ocorre nesta quinta-feira (25), oferecendo um segundo sanduíche gratuito na compra do lanche.

A promoção não é válida para os lanches que já são promocionais, como o Barato do Dia e Baratíssimo. Os rendimentos do dia promocional serão direcionados a entidades de combate à fome.

Dólar opera em queda

A cotação do dólar abriu o pregão desta quarta-feira (24) em leve queda de 0,04%, valendo R$ 3,6943 para venda.

A moeda norte-americana encerrou a terça-feira (23) em alta de 0,21%. O Banco Central segue com a política tradicional de swaps cambiais, sem ofertas extraordinárias de venda futura da moeda.

Spin entre as 10 melhores aceleradoras do país

Com unidades em Jaraguá do Sul, Joinville e Blumenau, a Spin está concorrendo ao renomado Startup Awards, entre as 10 melhores aceleradores do país e, agora, após a divulgação das marcas semifinalistas, disputa o prêmio com outras nove empresas de todo o Brasil.

Esta é a quinta edição da maior premiação para o ecossistema de inovação e startups do país. Neste ano, a iniciativa teve mais de 22 mil indicações. A Spin participa na categoria "Melhor Aceleradora’".

A lista das finalistas, com três aceleradoras selecionadas por um comitê formado pela ABS (Associação Brasileira de Startups), será divulgada no próximo dia 16. A premiação acontece em 29 e 30 de novembro, na cidade de São Paulo.

R$ 1,36 bilhão

É o saldo do Abono Salarial ano-base 2016 que ainda está disponível para 1,85 milhão de trabalhadores brasileiros – o que corresponde a 7,56% do total de pessoas com direito ao recurso.

Os beneficiários têm até 28 de dezembro para procurar uma agência bancária e sacar o dinheiro. Inicialmente, o prazo limite era 29 de junho, mas foi prorrogado após resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Banco Central deve processar 10 milhões de ordens judiciais

Cerca de 10 milhões de ordens judiciais devem tramitar, este ano, pelo BancenJud, sistema que permite o bloqueio de valores em contas bancárias de pessoas e empresas alvos de ordem judicial.

A afirmação foi feita pelo presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, na abertura do 1º Seminário Sistema BacenJud 2.0: Desafios e Perspectivas, nesta quarta-feira (24), em Brasília.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?