Histórias da Carochinha – Luiz Carlos Prates

Por: Luiz Carlos Prates

23/02/2024 - 07:02

Os falsamente generosos sempre existiram, principalmente quando o sujeito, ele o ela, ergue a voz dizendo-se religioso ou alinhando-se ao que um “dinheirista” religioso prega… Vale lembrar que os enganados por seus líderes religiosos costumam ser os que têm olhos de não perceber e ouvidos de não escutar. Sabe-se que quem tem olhos de perceber e ouvidos de escutar, veem e ouvem com as percepções reais e não aceitam o que apenas os olhos veem e os ouvidos ouvem. Perceber e escutar é jogar a mente sobre o que é visto e ouvido… Para bem poucos, a maioria que anda por aí não ouve nem vê. Há pouco estava lendo um capítulo sobre a história de Robin Hood, esse cara teria vivido nos idos do século XII, era disparador de flechas e lutador de espadas. Fazia nada, era um bocó, mas um bocó que se alçava a justiceiro. Sua essência na vida era tirar dos ricos (roubar, dito melhor) e dar aos pobres. “Ah, como ele era bom, ah, que anjo”! É o que muitos dizem. Esperem um pouco, por que tirar/roubar dos ricos é justiça e dar aos pobres é bondade? Quem inventou essa? Os hipócritas. Há ricos que levantam mais cedo que o sol e dormem mais tarde que a lua, lutando, trabalhando, pensando, criando, gerando empregos, enquanto… Milhões de “desiguais” se coçam o dia todo, lamentam a sorte ou saem às ruas para pedir dinheiro. Por que não pedem trabalho? Trabalhadores honestos, milhões pelo Brasil, dão um duro danado, vão morrer pobres, mas… Têm que pagar impostos. Aliás, pagar impostos é obrigação de todos, de todos, ninguém pode ficar isento, absolutamente ninguém ou… Ou a devida reação dos que pagam impostos. Ou entramos nos eixos, seguindo os preceitos do “a cada um segundo suas obras” ou esta história não vai acabar bem e mais ainda… Não vai longe, não brinquem. Espertalhões milenares inventaram também que é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no reino dos céus. Céus? Onde ficam os céus senão na consciência do correto, do ético, do decente e até mesmo da folgada riqueza? Bem que pode haver muitos ricos no “céu” e muitíssimos pobres “lá embaixo”… De máscaras de bondade andamos até ao pescoço. E quanto aos falsos Hobin Hoods, levá-los para a salinha dos fundos… Farsantes.

ALUGUEL

A Argentina acabou com a “Lei do Aluguel”, essa lei regulava contratos de aluguel, havia um tempo de contrato, um reajuste previamente acertado, tudo previsível e correto. Acabou, agora o dono do imóvel faz o que bem entender e o inquilino não tem como se defender. Aqui entre nós, cuidemo-nos. O país vive na beira de um abismo, cuidado. Que os pais eduquem os filhos para desde cedo pensar na casa própria e nas garantias possíveis e futuras. Cuidado.

APELO

Beleza o apelo do Papa. Ouça a manchete: – “Papa apela contra devastação do meio ambiente por causa do lucro”. Que legal a ingenuidade papal, ele não sabe que onde entra o lucro sai a ética… O Papa precisa dar umas voltas pelo mundo para conhecer mais de perto as enganações “black fridays” da vida…

FALTA DIZER

Todos os dias leio algo como: – “Envelhecer bem vai muito além do cuidado físico”. Pô, a pessoa tem que ser muito tosca para não saber disso. E digo mais, os cuidados físicos, “atléticos”, são secundários diante dos cuidados com a cabeça. O que nos acelera a velhice é a cabeça espiritualmente “pequena”…