Hard skills x soft skills: quais as habilidades que o mercado busca?

FOTO: divulgação

Por: Palavra do Reitor

20/09/2023 - 09:09 - Atualizada em: 20/09/2023 - 16:10

 

Se você é estudante, ou um profissional em busca de uma colocação no mercado, certamente já se deparou com duas palavrinhas em inglês, que vêm ganhando mais visibilidade nas instituições de ensino e nas organizações em geral. Os termos hard skills e soft skills são muito comuns, especialmente nos processos de recrutamento e seleção.

Mas o que eles significam? As hard skills são habilidades e conhecimentos teóricos e práticos específicos de cada profissão, e são elas que tornam um profissional adequado ou não para determinada oportunidade de trabalho. Geralmente são as primeiras informações que um recrutador identifica e avalia. Como aprimorá-las? Com cursos, graduações, especializações e, uma constante busca por atualização e conhecimento na área em que você atua.

Já as soft skills se referem às características mais subjetivas, ligadas a questões como o comportamento e o relacionamento interpessoal. É o estilo de liderar, comunicar e de interagir com as pessoas. Agora, o que você talvez não saiba é que, cada vez mais, as soft skills estão sendo observadas e valorizadas dentro das empresas.

E por isso, além de oferecer cursos excelentes, contar com uma equipe de professores preparada, e, em paralelo a nossa incessante busca por inovação, nós, da Católica, buscamos desenvolver em nossos alunos também atributos relacionados às softs skills.

Tudo isso para formar mais que profissionais, cidadãos prontos para atuarem e contribuirem com a comunidade na qual estão inseridos. Eles se envolvem em uma série de projetos, que estimulam habilidades como o espírito de equipe, a visão de liderança, o senso de coletividade e empatia, entre outros aspectos.

Isso porque, no mercado de trabalho não basta você ser um advogado, administrador ou engenheiro, que domina as qualificações técnicas que englobam a sua profissão. Você vai precisar dominar a arte de liderar, de se comunicar, e até mesmo estar preparado para se relacionar com pessoas.

Entre as soft skills mais procuradas, e valorizadas no mercado, destacam-se: colaboração, flexibilidade, gestão do tempo, trabalho em equipe, capacidade de solucionar problemas, autoconfiança e atitude positiva. Esteja pronto para desafios. E, não tenha medo das mudanças.

Por isso, desenvolva o hábito de aprender coisas novas. Discuta ideias. Tenha empatia. Busque ter uma visão otimista da vida e pratique bastante a arte de criar novas soluções. Esses atributos pessoais e comportamentais ajudam a lapidar seu currículo, e certamente, te levarão ainda mais longe!