Guia de como evitar enxaqueca no calor

Foto: Pixabay

Por: Erika Tavares

17/01/2023 - 05:01

Dor de cabeça crônica e enxaqueca são frequentemente agravadas durante o calor do verão. Até mesmo fora dessa estação, dias muito quentes podem predispor a crises em quem sofre de enxaqueca.

A enxaqueca é uma doença neurológica com forte predisposição genética caracterizada por dores de cabeça recorrentes e outros sintomas associados. Além de uma hipersensibilidade a vários estímulos, como temperatura, odores, alimentos, variações hormonais e emocionais. Ou seja, um cérebro supersensível e que adora previsibilidade, rotina.

Consequentemente, se, num dia quente, você sair da rotina de alguma forma, a predisposição aumenta. Ou seja, fica muito mais fácil ter crise de enxaqueca na vigência de clima quente e abafado.

Quando está quente transpiramos mais, e podemos desidratar facilmente. Se a quantidade de água do corpo diminui, isso repercute num desequilíbrio hidroeletrolítico, que, por menor que seja, já é um fator estressor para seu organismo.

Coloque esses 6 passos em prática para prevenir as dores de cabeça no calor:

1. Prevenção é a chave: cuide com carinho do seu sono, da alimentação, pratique exercícios físicos, controle o emocional. Lembre-se que o calor já predispõe e tente minimizar sua exposição a outros fatores predisponentes.

2. Hidrate-se abundantemente, aproveite a disponibilidade da água de coco nesse período, que promove hidratação isotônica, repondo minerais e reidratando.

3. Cuidado com os petiscos na praia: evite frituras e alimentos que você desconheça as condições de higiene do preparo.

4. Lembre-se de manter a rotina de sono, dormir e acordar sempre nos mesmos horários, não exagere tanto dormindo tarde da noite.

5. Tenha acompanhamento com neurologista para fazer um bom tratamento preventivo. Existem tratamentos eficazes, com medicações orais, injetáveis, suplementos e terapias complementares.

6. Em caso de crise, tenha em mãos as medicações para esse momento que foram prescritas para você.