Food Hall – Você conhece esta tendência gastronômica?

foto: divulgação

Por: Juliana Nardelli

16/01/2024 - 09:01 - Atualizada em: 16/01/2024 - 16:06

Você sabe o que é um Food Hall?

Food Hall é um espaço coletivo, compartilhado, geralmente um pavilhão grande com pequenas ilhas ou estandes que produzem e comercializam comidas. Num mesmo lugar, encontramos diferentes opções de comida, como pizza, carnes, comida oriental, vinhos, cervejas, drinks, e muitos outros estilos gastronômicos. A diversidade de opções é o que torna a experiência única, e o lugar acessível a um público muito amplo.

Este estilo de negócio é uma forte tendência no mundo todo! Já tive por a oportunidade de conhecer o Mercado La Boqueria, em Barcelona, com estandes de frutas locais, de jamón, de queijos, pescados, atraindo locais e turistas.

Em Madrid, o Mercado de San Miguel é outro exemplo de sucesso, onde a comida local se mescla à mexicana, à portuguesa, à japonesa, e um grupo de clientes pode se separar na hora de escolher o que comer, e novamente juntar-se no momento de desfrutar.

Em Lisboa, o Time Out Market é um grande exemplo de sucesso, onde diferentes estilos de cozinha, serviço e preços convivem em harmonia.

Por aqui, percebo que muitas cidades também investem na tendência. Em Caxias do Sul, recentemente, conheci o Quinta São Luiz, que oferece opções que vão dos crepes e hambúrgueres, até parrilla, passando por pizza, vinhos, comida de boteco, sorvetes e muito mais.

Em Florianópolis, o Top Market tem um ambiente super elegante e agradável, reunindo visitantes à cidade ( pois está perto de vários hotéis) e à população local.

Talvez você esteja se perguntando se não seriam praças de alimentação como já conhecemos nos shoppings centers. Mas esse novo modelo de negócio é diferente: inclui opções mais artesanais, distancia-se dos fast-foods, traz também opções culturais, e essencialmente proporciona mais conforto, visando a permanência mais longa dos consumidores.

foto: divulgação

O conceito Food Hall está ligado também ao lazer, além da alimentação. E para os donos de restaurantes, o espaço coletivo traz muitas vantagens! Novos clientes, atraídos por outros estandes, custos compartilhados, visibilidade, e aumento dos pedidos.

E você, lembra de algum lugar que siga esta tendência gastronômica atual?