Vocês lembram que a loira Ana Hickmann quase morreu por causa de um fã louco que invadiu seu quarto de hotel? Pois então, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais aceitou denúncia do Ministério Público de Minas Gerais nesta sexta-feira (8) contra Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, por homicídio simples. A medida se opõe à decisão da Polícia Civil, que pediu o arquivamento do processo pelo reconhecimento de legítima defesa. A apresentadora Ana Hickmann sofreu um atentado por um “fã” em Belo Horizonte, no dia 21 de maio. O crime aconteceu dentro de um hotel no bairro Belvedere, Região Centro-Sul da cidade. Gustavo Correa matou Rodrigo Augusto de Pádua após ele atirar contra sua mulher, Giovana Oliveira, assessora da apresentadora. A denúncia foi feita na última quinta-feira (7) pelo promotor Francisco Santiago. De acordo com ele, o crime não se caracteriza como legítima defesa porque a vítima foi atingida na nuca. O pedido do MP foi aceito pela juíza Ámalin Azis Sant’ana. Resumindo: um louco, depravado e maníaco invade um quarto de hotel preparado para tudo, inclusive para matar. Ele é morto e o cara ainda tem que pagar por isso? Gente, que país é esse? Que lei é essa? O cunhado de Ana fez o que eu faria, cessaria a agressão. Como? Matando! Qual outra alternativa na hora? Dar um tiro para incapacitar e deixar ele puxar talvez outra arma e matar todos? Eu juro que não entendo essas leis! Na hora da raiva, do desespero, jogue no bandido um sorvete de creme, talvez ele pegue um resfriado, e fique mal. É a maneira mais fácil de, perante essa lei arcaica, defender sua família. Preconceito nas manchetes Interpretem como quiserem, mas acho extremamente deselegante e sem sentido as manchetes que dizem: Policial branco mata homem negro. Gente, isso sim que gera uma separação de classes, um preconceito. Parece que são raças distintas, e não uma só! Que diferença é essa? Não seria mais fácil noticiar “Polícia mata mais um...” e na descrição do texto talvez incluir essa característica? Nunca vi notícias do tipo: “médico branco faz parto de mulher negra”, “bombeiro negro atende vítima branca no centro...” Gente, o que é isso? Qual o sentido? Sou contra o racismo, sou contra a violência contra negros, pois somos todos iguais, sem distinção. Essa forma medíocre de dar a notícia me enoja. O que falta na seleção? Nossa seleção de futebol tem um novo técnico, mas os mesmos jogadores. Sabem o que está faltando? Disciplina! Hoje em dia vale tudo para aparecer. Dancinhas idiotas, cabelos espalhafatosos, campanhas na TV e ostentação. Se toquem, jogadores não são astros, a menos que ganhem muitos campeonatos. Quando forem tratados como nossos representantes, terão mais responsabilidade para “virarem nossos astros”. Até lá, vão se achar os bonzões, jogando de qualquer forma afinal, de qualquer forma o salário bilionário, com o qual também não concordo, estará esperando no final do mês para suas orgias sujas.