O Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) reforça a importância da participação de todo cidadão catarinense no segundo turno das eleições, inclusive daquele que não é obrigado a votar. Isso é fundamental para assegurar que os valores que cada um defende sejam considerados nas gestões públicas que se iniciam em janeiro de 2023, defende o Cofem.

Nas peças de divulgação na página oficial da Fiesc e nas redes sociais, o Confem destaca que "é preciso, mais do que nunca, valorizar os objetivos nacionais, previstos em na Constituição, como a liberdade, a livre iniciativa, a garantia à propriedade privada, a valorização dos símbolos nacionais e o zelo com as contas públicas, como valores que conduzam o país ao desenvolvimento econômico e social, com sustentabilidade."

Em um vídeo de divulgação, o presidente da Fiesc Mario Cezar de Aguiar faz um convite aos catarinenses para que vão votar no segundo turno das eleições. "No próximo dia 30 de outubro, vote. O número de eleitores que não votaram no primeiro turno das eleições foi elevado e isso não é bom. Exerça seu direito e ajude a definir o futuro de nosso País e de nosso Estado. Não deixe que os outros decidam por você. Vote mesmo que no seu caso não seja mais obrigatório."

A mensagem de Aguiar segue "Ajude a garantir que os escolhidos representem efetivamente o pensamento da maioria. Faça valer sua experiência, as ideias que você defende e os seus valores. O Brasil precisa de você. Não abra mão desse direito e estimule seus familiares e amigos a participarem deste momento histórico para o País", finalizou.

A campanha do Cofem pode ser conferida na página da Fiesc na internet.

Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal começou a pagar na terça-feira (19) a parcela de outubro do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 6. Esta é a terceira parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional. A emenda também liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total atendido pelo programa subiu para 20,65 milhões.

Caminhoneiros e taxistas

Motoristas de carga autônomos e de táxi de todo o País receberam na terça-feira (18) a parcela de outubro dos auxílios Caminhoneiro e Taxista. Cada parcela equivale a R$ 1 mil. O pagamento inicialmente estava previsto para ocorrer no dia 22, mas foi antecipado em quatro dias. Os caminhoneiros que fizeram a autodeclaração até 7 de outubro podem receber a quarta, quinta e sexta parcelas. Em relação aos taxistas, coube aos municípios enviar, até o início de agosto, o cadastro dos permissionários ativos até 31 de maio.

Chocolates recolhidos

A Garoto iniciou o recolhimento de dois lotes de chocolates da marca. "O procedimento de recolhimento foi iniciado pela empresa, tendo em vista a constatação de avaria em um dos equipamentos de produção da fábrica com risco de conter pequenos fragmentos de vidro em produtos dos lotes mencionados, podendo causar lesões na boca ou mucosas”, informou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na terça-feira (18).

No Estado

Um dos lotes é o da barra de 80g do chocolate ao leite de castanha de caju. O outro é do chocolate ao leite com Castanhas de Caju e Uvas Passas, também de 80 gramas. De acordo com a documentação apresentada pela empresa à Anvisa no comunicado de recolhimento voluntário, maior parte dos produtos dos lotes implicados não foi comercializada, porém, alguns produtos foram distribuídos em Vila Velha (ES) e no estado de Santa Catarina.