CDL, Procon e Polícia Civil alertam para crimes cibernéticos no varejo

Foto: Divulgação

Por: Debora Volpi

01/11/2023 - 06:11 - Atualizada em: 31/10/2023 - 19:52

Numa parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Jaraguá do Sul, Procon e Polícia Civil, foi realizado, recentemente, o Workshop “Como se prevenir dos golpes de WhatsApp e Internet”, no Cejas. Em vista à proximidade do fim do ano, época muito movimentada para o setor de varejo, a presidente da CDL Jaraguá do Sul, Vergimari Rodrigues Simões Pires, explica que o evento foi promovido como um serviço de alerta à comunidade. “Foram expostos os golpes cibernéticos mais praticados no município, sob a intenção de ajudar empresários e consumidores a identificar maneiras de se proteger desses crimes”, frisou.O evento contou com a presença do Delegado Regional de Polícia de Jaraguá do Sul, Eric Uratani, que explicou a importância de se estar alerta em relação aos crimes cibernéticos, devido principalmente ao crescimento da digitalização das ações de consumo. Uratani expôs os 10 tipos de golpes mais frequentes na cidade, explicando em detalhes como o golpista executa as ações, assim como indicou medidas para se prevenir de cada um deles. Golpes menos frequentes, mas também ligados ao comércio local, foram ainda citados pelo delegado.Por sua vez, o Diretor do Procon municipal Rodrigo Machado demonstrou como o Procon pode auxiliar diretamente, caso o consumidor ou a empresa caiam em um golpe online. Machado reforçou que, com um mercado de consumo altamente digitalizado, a população precisa ter conhecimento sobre os crimes de internet para evitar danos pessoais. Conforme destacou, cerca de 50% dos atendimentos feitos atualmente no Procon de Jaraguá do Sul são referentes a crimes cibernéticos, sendo as pessoas vítimas de diversos golpes referentes a empréstimos, links falsos, estelionato pelo WhatsApp, entre outros.Evento aborda reforma tributáriaNo dia 6 de novembro, às 19h, o Banco Credit Suisse promove no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas) a palestra “Planejamento para Famílias Empresárias: Cenário Político-Econômico e Reforma Tributária”, em parceria com a ACIJS. O evento traz para uma conversa com empreendedores, executivos e gestores das áreas de administração, finanças e contabilidade, duas profissionais consideradas referência no assunto. Solange Srour, diretora de Macroeconomia para o Brasil no UBS Global Wealth Management, é mestre em Economia pela PUC-Rio e recebeu os prêmios BNDES de Economia (2002) e Brasil de Economia, concedido pelo Conselho Federal de Economia (2003); Monique Haddad é Wealth Planner no banco Credit Suisse – UBS Brasil, é formada em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), com especialização em Direito de Empresa (Administração Empresarial e Tributária), e co-autora do livro “Fundamentos da Negociação no Ambiente Jurídico”.

As duas convidadas vão falar sobre o atual momento brasileiro e as possíveis mudanças com a reforma tributária. A participação no evento é gratuita e mais informações podem ser obtidas pelo telefone (47) 98835-1316 e e-mail: eventos@acijs.com.br.Florianópolis é destaque no consumo de itens de decoraçãoSegundo a pesquisa setorial produzida com exclusividade pela Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores (ABCasa), em parceria com o Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI), Florianópolis subiu três posições no ranking que mapeia o consumo de itens de decoração.

A participação da capital catarinense na categoria alcançou uma porcentagem de 0,5%, ficando à frente de Joinville com 0,4%. Considerando o ranking das 150 maiores cidades brasileiras em consumo de artigos para casa e decoração, o município se destaca, ficando à frente das cidades de João Pessoa (21ª), Niterói (22ª) e Caxias do Sul (25ª).