Cálculo Renal

foto: divulgação

Por: Dr. Vicente Caropreso

07/03/2024 - 09:03 - Atualizada em: 07/03/2024 - 16:33

 

O cálculo renal, conhecido popularmente por pedra no rim, é causado por substâncias minerais, que formam estruturas como “grãos de areia” que se aglomeram dentro do rim se transformando em verdadeiras pedras dentro do sistema urinário.

Essas pedras podem ter nomes diferentes, dependendo de sua localização no sistema urinário:

Cálculos renais são os que se localizam dentro do rim, cálculos ureterais quando estão no ureter – o canal que leva a urina do rim para a bexiga – ou cálculos vesicais quando estão na bexiga.

Os cálculos se formam devido à alta concentração de cristais na urina, causada pela pouca ingestão de água e por comidas com muito sal e proteínas. Alguns tipos de cálculos podem ser causados por bactérias.

Quando a pedra se movimenta pelo sistema urinário, causa uma dor muito forte na região lombar que se irradia para a região da bexiga, e pode ser acompanhada de náuseas, vômitos e febre.

Quando a pedra não está se movimentando, a pessoa pode sentir dor crônica na região lombar, de um lado só das costas, e sofrer com infecções urinárias repetidas e sangramento na urina.

A passagem de cálculo pode ser uma dor terrível.

Pessoas obesas, sedentárias, com diabetes e com histórico de doença na família têm mais chances de sofrer de cálculo urinário.

O melhor exame para diagnóstico é a tomografia. Também é possível fazer ultrassom e RX de abdômen e pelve. Exames de sangue e urina também são importantes.

Crianças, adultos e idosos podem ter pedras nos rins. Uma em cada oito pessoas terá um cálculo renal em algum momento da vida.

O tratamento depende dos sintomas, da quantidade de cálculos, tamanho e localização deles. O urologista é o médico que deve prescrever o tratamento.

A remoção das pedras hoje em dia é extremamente eficiente e pouco invasiva, com altas taxas de sucesso e baixas complicações.

Controle o sal e o excesso de proteínas e tome muita água. Sua urina deve estar bem clara. Se estiver amarelada, deve-se tomar mais água.

Os cálculos não tratados podem causar até a perda do rim.