Qualquer pessoa que acabou de adotar um cãozinho ou achou algum na rua pode observar que, muitas vezes, se trata de um cão medroso, que se assusta até mesmo com um carinho. O fato de um cão medroso agir dessa forma pode ser explicado por vários fatores: Ele pode ter sido abandonado já há muito tempo, pode ter apanhado muito na rua ou de seu ex dono, ter passado por uma situação de medo, como um atropelamento ou um quase atropelamento,entre outras possíveis situações de susto e medo. Para lidar com um cão medroso, o ingrediente principal é a paciência. Só com o tempo e muito carinho, o cachorro irá percebendo que você não é nenhuma ameaça para ele e começará a mudar ficando mais alegre e receptivo. Dicas para interagir com um cão medroso: 1 – Deixe o cão vir até você. Se ele está muito assustado, o ideal é deixar ele decidir se virá até você ou não. Tenha paciência e não force o animal a ter contato com você ou com as outras pessoas de casa. 2 – Quando for tentar conversar com um cão medroso, nunca fique de frente para ele, encarando – olhos nos olhos. Isso é extremamente intimidador e deixa o animal ainda mais assustado e com medo. Prefira se sentar ao lado do cachorro e ir com calma, assim ele se sentirá menos intimidado. 3 – Quando perceber que o cão está começando a se acostumar com a sua presença, comece a fazer carinho nele. Os cachorros sentem quando são amados ou não e, quanto mais carinho e paciência você tem com um cão medroso, melhor é a evolução dele. Assim, ele se torna um animal dócil e alegre com o tempo e a convivência com o novo dono. Fonte: comoadestrar. caaao