A WEG recebeu na segunda-feira (5) o prêmio de melhor empresa no setor de Mecânica no anuário “Valor 1000”, organizado pelo jornal Valor Econômico.

A pesquisa, desenvolvida pelo Valor em parceria com a Escola de Administração de Empresas de São Paulo, EAESP/FGV-SP, utiliza a receita líquida como parâmetro para o ranking e adota critérios atuais de medida de desempenho, como o Ebitda, gestão do endividamento, desempenho contábil e financeiro.

Em 2021, a companhia com sede em Jaraguá do Sul teve faturamento líquido de R$ 23,6 bilhões, 34,9% a mais do que no ano anterior, com 54% da receita proveniente de vendas fora do Brasil.

A gigante jaraguaense investiu um total de R$ 847 milhões em bens de capital e o quadro de pessoal ganhou quase quatro mil novos profissionais.

O ano foi marcado por investimentos na melhoria de processos e na automação das operações, juntamente com a capacidade das fábricas do Brasil, China e México.

Além da expansão de unidades já existentes, a WEG também implantou uma nova fábrica de transformadores nos Estados Unidos, a terceira deste negócio no país, e iniciou a construção de uma nova fábrica de motores na Índia.

Além de utilizar os tradicionais indicadores financeiros, a 22ª edição do anuário trouxe novidades. Pela primeira vez, estão inclusos os critérios da agenda ESG (práticas ambientais, sociais e de governança), avaliados por um Comitê ESG composto por oito especialistas.

O anuário, que circula hoje, encartado na edição do dia do jornal Valor Econômico, traz o ranking das mil maiores companhias no país, com destaque às empresas campeãs em cada um dos 26 setores analisados.

Dificuldades

As micro e pequenas indústrias do Sul estão tendo dificuldades de acessar crédito pelas altas taxas de juros. Os dados são do Indicador Nacional das Micro e Pequenas Indústrias, realizado pelo Datafolha, a pedido do Sindicato de Micro e Pequenas Indústrias do Estado de São Paulo (SIMPI).

A pesquisa mostra que 42% dos empresários afirmam que as taxas de juros elevadas são um obstáculo para tomada de empréstimo ou financiamento. A situação é crítica também para os empresários nordestinos. Dos entrevistados, 36% são categóricos ao apontar esse como o maior impeditivo na aquisição de empréstimos.

Encontro

Evento que se tornou referência do movimento associativo, que busca integrar novas lideranças dos vários segmentos empresariais, o Erje- Encontro Regional de Jovens Empreendedores tem nova edição no próximo dia 17 de setembro. Este ano, a programação vai concentrar uma agenda de atividades que buscam ampliar o networking e propiciar maior crescimento pessoal dos participantes. A programação tem início às 8h30, no Cejas- Centro Empresarial de Jaraguá do Sul e encerra às 12 horas com uma visita à cervejaria Stannis.

Crescimento

Santa Catarina cresceu 2% no primeiro semestre de 2022, segundo o Índice de Atividade Econômica (IBC). O indicador, medido pelo Banco Central, incorpora estimativas mensais da agropecuária, indústria, serviços e impostos sobre os produtos comercializados, e é considerado uma prévia do PIB. Os dados foram analisados pelo Observatório Fiesc.

Dívidas

A União pagou R$ 977,63 milhões em dívidas atrasadas de estados em agosto, segundo o Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito e Recuperação de Contragarantias, divulgado na quinta-feira (8) pelo Tesouro Nacional. Do total, R$ 336,99 milhões são débitos não quitados pelo estado do Maranhão; R$ 255,41 milhões de Goiás, R$ 118,50 milhões do Rio de Janeiro, R$ 107,41 milhões de Alagoas, R$ 105,62 milhões do Piauí e R$ 53,69 milhões do Rio Grande do Sul.

Sesi e vacinas

Além do imunizante contra a gripe, as clínicas do Sesi estão oferecendo mais 20 tipos de vacinas com descontos especiais para trabalhadores da indústria. As vacinas que protegem desde o nascimento até a terceira idade estão disponíveis nas clínicas de Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Joinville, Orleans e Tubarão.

Atrativos

A Prefeitura de Guaramirim está realizando uma enquete para que a população auxilie a identificar o principal atrativo turístico do município. A pesquisa é parte de uma ação coordenada pela Associação de Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), que busca elencar as sete maravilhas da região, sendo uma para cada município. A pesquisa, que também pode ser respondida por turistas e moradores da região, está disponível para votação no site https://bit.ly/3RP6TSW até segunda-feira (12).