Foto Arquivo OCP News
Foto Arquivo OCP News

A Prefeitura de Corupá abriu inscrições para o processo seletivo para vagas de trabalho em caráter temporário para a administração municipal e secretarias.

As vagas são para Nutricionista, Psicólogo, Assistente Social, Técnico em Processamento de Dados e Analista de Informática. As inscrições podem ser feitas até 5 de junho.

A administração oferece salários que variam entre R$ 1.679,25 e R$ 3.316,18 por jornadas de trabalho 30 a 35 horas semanais.

O processo seletivo será realizado com base em exame de títulos e tempo de serviço. Especialização, mestrado e doutorado somam pontos para a classificação.

O tempo de serviço válido para o processo é somente o que está comprovado em carteira de trabalho.

Como se inscrever

A inscrição é gratuita e deve ser entregue devidamente preenchida junto da documentação exigida, conforme o edital de número 008/2020, na Prefeitura Municipal de Corupá, que fica na Avenida Getúlio Vargas, 443, Centro.

O horário de funcionamento da administração é das 7h às 13h. A ficha também pode ser enviada por Correios.

A classificação prévia dos candidatos será divulgada no site da Prefeitura, e pelo site Diário Oficial dos Municípios de SC, no dia 10 de junho.

Já a classificação final é publicada nos mesmos canais, no dia 16 de junho de 2020.

Mais informações podem ser encontradas no site da prefeitura no endereço www.corupa.atende.net.

Grupo Lunelli investe no online

O distanciamento social imposto pela pandemia da Covid-19 tem feito do meio online um dos principais caminhos para consumidores acessarem marcas, serviços e produtos.

Com isso, o comércio eletrônico ganhou ênfase dentro das estratégias das empresas e vem se tornando cada vez mais atrativo para grande parte dos clientes.

Atento à mudança neste cenário, o Grupo Lunelli lançou uma ação que estimula as vendas no e-commerce da empresa.

Com a iniciativa, os próprios colaboradores passaram a ter um papel importante nos negócios movimentados no meio online.

Receitas federais

As receitas federais são um bom termômetro da economia - e em meio à pandemia da covid-19, a arrecadação delas registrou queda de 28,95% em abril, totalizando R$ 101,154 bilhões.

A comparação é com o mesmo mês de 2019, descontada a inflação. Esse foi o menor valor para o mês desde 2006. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (21) pela Receita Federal.

As receitas administradas pela Receita Federal, como impostos e contribuições federais, chegaram a R$ 93,332 bilhões, resultando em queda real (descontada a inflação) de 28,79%.

Já as receitas administradas por outros órgãos, principalmente royalties do petróleo, somaram R$ 7,822 bilhões, com queda de 30,75%, em relação a abril de 2019.

De janeiro a abril, a arrecadação total chegou a R$ 502,293 bilhões, com queda real de 7,45%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

As receitas administradas pela Receita ficaram em R$ 476,811 bilhões, com queda de 7,71%.

Desempenho do real

O real tem registrado a pior performance econômica dentre todas as moedas do globo em 2020, segundo o jornal Financial Times - desde janeiro, a moeda brasileira perdeu 32% de seu valor em comparação com o dólar.

No começo do ano, o dólar operava na faixa dos R$ 4 - agora, na última dezena de maio, opera próximo dos R$ 6, abrindo esta quinta-feira (21) à R$ 5,69.

Facebook lança e-commerce

Nesta semana, o Facebook anunciou um novo recurso para o e-commerce, fazendo tanto do Facebook quanto oo Instagram uma plataforma de vendas, o Shops.

A novidade foi apresentada por Mark Zuckerberg em uma videoconferência, e definida pelo CEO como uma alternativa para os pequenos negócios que estão sendo atingidos pela crise econômica causada pela pandemia.

A plataforma foi implementada nos EUA nesta terça-feira (19), com ampliação para outros países no futuro próximo.

Menos de metade das declarações

Em quase três meses de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020, menos da metade dos contribuintes acertou as contas com o Leão, apesar da prorrogação do prazo.

Até as 11h desta quarta-feira (20), 14.786.867 de pessoas haviam enviado o documento à Receita Federal.

O total enviado equivale a 46,2% dos 32 milhões de declarações esperadas para este ano. O prazo de entrega começou em 2 de março e vai até as 23h59min59s de 30 de junho.

EBC será privatizada

O governo federal qualificou a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no seu programa de privatizações, o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República.

O objetivo da medida é possibilitar a realização de estudos e a avaliação de alternativas de parcerias da EBC com a iniciativa privada, além de propor ganhos de eficiência e resultados para a empresa, para “garantir a sua sustentabilidade econômico-financeira”.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul