Pedro Henrique Leal | Jaraguá do Sul ficou de fora da greve dos bancários

Pedro Henrique Leal | Jaraguá do Sul ficou de fora da greve dos bancários Pedro Henrique Leal | Jaraguá do Sul ficou de fora da greve dos bancários

Colunistas

Por: Pedro Leal

segunda-feira, 12:38 - 19/02/2018

Pedro Leal
Jaraguá do Sul ficou de fora da greve dos bancários, marcada para esta segunda-feira, segundo o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Jaraguá do Sul e Região (SEEBJGSSC). A paralisação, da qual os estabelecimentos da região não fizeram parte, protestava a reforma da Previdência, que seria votada hoje. Entidades sindicais previam uma greve geral para hoje, pauta que teve pouca adesão após o adiamento da votação. A votação do texto final da reforma da Previdência - pauta do governo Temer desde sua posse, em agosto de 2016 - estava prevista para hoje, mas devido à intervenção militar decretada na última sexta-feira, foi novamente adiada - com uma série de repercussões. Em janeiro, o governo havia dado garantias de que a votação da reforma não seria adiada novamente e que ela entraria em pauta "com ou sem o número de votos necessários". E o texto não está pronto para ser votado... Mesmo sem o adiamento da votação com a intervenção, o texto da reforma da Previdência está longe de ser votado, segundo a base governista: embora a intenção do governo de Michel Temer fosse ter o texto aprovado na próxima quarta-feira (28), o texto só deve começar a ser discutido na semana que vem. Para permitir a votação - barrada pelo decreto de intervenção assinado na sexta-feira (16), o governo federal revogaria temporariamente a intervenção caso tivesse a garantia de votos para a aprovação. ...e Dólar retoma alta Depois de acumular o maior recuo semanal desde o começo do ano, com queda acumulada de 2,45%, o dólar retomou crescimento na manhã desta segunda-feira, subindo 0,32% até o meio-dia, mesmo com o dia fraco para os negócios nos EUA, no feriado do dia do Presidente, com as bolsas fechadas. A valorização do dólar ante ao real foi afetada pelo adiamento da reforma da Previdência, aumentando a insegurança do mercado quanto ao Real.
×