Mercado | Embraer, interesses estratégicos e desinformação

Colunistas

Por: Pedro Leal

quarta-feira, 07:32 - 28/02/2018

Pedro Leal
As negociações e a fusão entre a brasileira Embraer e a americana Boeing tem causado furor. No domingo (25), foi confirmada a criação de uma nova empresa com participação das duas, para o setor de aviação civil, com controle acionário de 51% da Boeing e 49% da Embraer - embora ainda hajam negociações em curso. Fundada em 1969 como uma empresa de capital misto e privatizada em 1994, a Embraer é uma empresa de interesse estratégico para o governo brasileiro, pois atua na produção de aeronaves e componentes para a FAB. Por exigência do governo federal, a parte militar da Embraer fica fora da nova empresa - e os projetos da Boeing de ter de 80 a 90% de controle acionário ficaram fora de cogitação. A empresa planejava comprar completamente a Embraer, por US$ 6 bilhões - o que foi vetado pelo governo federal. As negociações, no entanto, foram marcadas por uma série de informações dúbias, quando não maliciosas. Por conta de sua golden share na gigante aeronáutica, o governo federal tem controle sobre participações societárias e fusões da Embraer - e exigiu que o setor militar ficasse fora da negociação, além de discutir retirar partes da divisão civil do acordo por questões tecnológicas. Isso não impediu que a transação fosse noticiada como a "entrega" de mais uma empresa nacional para mãos estrangeiras, ignorando o andar das negociações. Que há questões de interesse nacional que pendem de discussão nessa transação, é fato. Que isso vai render mais negociações, mudanças na nova empresa e mudar muito no setor, idem. Que é mais complexo do que mero "avanço financeiro" ou "entreguismo", não há dúvidas. Jaraguá 2017 foi um ano positivo para a Apevi: depois de ter um prejuízo de R$ 51.819 em 2016, a associação terminou o ano passado com um superávit de R$ 4.709. O número pode parecer pequeno, mas veio como resultado de uma arrecadação de R$ 990.602, fruto do sucesso da Feira Industrial de Produtos e Serviços (Fipes). Para 2018, a associação projeta uma arrecadação de R$ 838.650. Os números foram apresentados na plenária da Acijs, nesta segunda-feira (26).   PANORAMA NACIONAL A Uber divulgou na semana passada os dados tributários de suas operações no Brasil, revelando ter pago quase R$ 1 bilhão em impostos no ano passado. Com mais de 20 milhões de clientes e 500 mil motoristas no país, a empresa pagou R$ 971,8 milhões  no ano passado. A empresa visa demonstrar sua importância econômica para frear projetos de tributação municipal que poderiam prejudicar suas operações.   14 instituições bancárias assinaram nesta segunda-feira um acordo com a Polícia Federal para combater fraudes eletrônicas. O convênio prevê a disponibilização de equipe da Febraban e dos bancos, em conjunto com a Polícia Federal, para investigar a dinâmica do crime nas transações bancárias e regulamenta os procedimentos dos bancos para comunicar à Polícia Federal as suspeitas ou confirmação de práticas de ilícitos penais. A Netshoes, empresa de comércio eletrônico de artigos esportivos, confirmou nesta terça-feira que foi alvo de um ataque cibernético no Brasil e teve os dados de quase 2 milhões de seus clientes vazados. A empresa garante que nenhum dado bancário foi exposto e que a estrutura interna de TI da empresa não foi comprometida. Os hackers responsáveis teriam tentado extorquir dinheiro da empresa para conter o vazamento.  As autoridades brasileiras e norte-americanas já foram contatadas. O Ministério Público Federal pediu providências da empresa. SOBE Os juros do cheque especial subiram para 324,7% ao ano, apesar da queda histórica da taxa básica de juros, a Selic. Subiram também os juros do Cartão de Crédito: 241% ao ano para quem paga a fatura em dia, de 233,9% em dezembro. Caiu só a taxa de juros para quem atrasa ou não paga o mínimo da fatura: de 401,7%, os juros caíram para 387,1% ao ano. A venda de imóveis cresceu 9,4% no ano passado, segundo levantamento da Câmara Brasileira da Indústria de Construção. No ano, foram vendidas 94.221 unidades, contra 86.140 no ano passado. A região sul teve o segundo pior desempenho do país, com queda de 4,5%, seguindo o norte, cujas vendas caíram 30,9%. A arrecadação do governo federal teve seu melhor resultado para janeiro desde 2014: foram R$ 155,619 bilhões em tributos, montante 10,12% maior do que de janeiro passado, quando foram arrecadados R$ 143,317 bilhões. O aumento na arrecadação, segundo a receita, se devem ao fortalecimento da economia e, em maior proporção, ao Programa Especial de Regularização Tributária. Os valores levam em conta a correção do IPCA. e congela... Depois de nove altas consecutivas, o iBovespa estabilizou nesta terça-feira enquanto agentes econômicos reagiam ao discurso de posse do novo presidente do Federal Reserve americano, Jerome Powell. O indicador de perfomance acionário "estacionou" na faixa dos 87.600, com leves flutuações.   Processo O empresário australiano Craig Wright, que diz ser o inventor do Bitcoin, está sendo processado pelo irmão de seu antigo parceiro de negócios, o programador Dave Kleiman, falecido em 2013. Ira Kleiman, irmão do programador, alega que Craig teria roubado os direitos de propriedade intelectual de Dave na concepção do Bitcoin e em projetos da W&K Info Defense Research,  companhia da dupla. Kleiman está cobrando US$ 5 bilhões em direitos e bitcoins roubados do irmão, em um dos maiores processos no setor de tecnologia.
×