O Centro Internacional de Negócios e as Câmaras de Comércio Exterior e da Vice-Presidência Regional da Fiesc para o Vale do Itapocu, promoveram em evento com um grupo selecionado de empresas da região para discutir internacionalização, inovação e competitividade no mercado global.

Os participantes receberam informações sobre como podem iniciar ou ampliar a participação com outros países, contando com o suporte da Fiesc, buscando maior qualidade nos processos de importação e exportação, com isto elevando os níveis de competitividade da indústria catarinense.

Jaraguá do Sul em particular tem um forte perfil exportador, como o 5º maior exportador de Santa Catarina e um dos 100 maiores do país. No ano vigente, até o fim de outubro, o município enviou para foro do país US$ 473 milhões em mercadorias - resultado que ficou 3,51% abaixo do registrado no ano passado.

Atualmente, este mercado é dominado quase que completamente por empresas de grande porte, mas há espaço para que as pequenas e micro empresas entrem no mercado global - o que envolve trabalho tanto por parte de empreendedores como ação estatal para facilitar os processos.

Um dos grandes desafios, destaca Maria Teresa Bustamente, presidente da Câmara de Comércio Exterior da Fiesc, é conscientizar o empresário de que o conceito de internacionalização não se resume a uma mera operação de exportação.

"Mas de que isto está presente na vida das empresas independente de participarem de algum processo de exportação ou importação, entendendo que se trata de uma visão estratégica de negócio", completa.

Gastronomia e turismo

Palestras temáticas sobre turismo de eventos e turismo de negócios, apresentação de case de sucesso no setor e uma demonstração de preparo de alimentação à base de ingredientes regionais formam a programação de evento que ocorre em Jaraguá do Sul no dia 5 de dezembro.

O seminário de Gastronomia e Turismo é uma iniciativa da Acijs, por meio dos núcleos de Panificação e Confeitaria, e de Hospitalidade, e do Sebrae, e será realizado das 14h às 21 horas, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

As inscrições para o evento são gratuitas e devem ser feitas no site da Acijs pelo site. Podem participar empresários e profissionais das áreas ligadas à temática, e o público em geral interessado em conhecer novidades da área.

SC Bem Mais Simples

Santa Catarina dá um salto em competitividade no cenário nacional com a implantação, em todo o território catarinense, do Programa SC Bem Mais Simples que, com base no na autodeclaração, desburocratiza a abertura de empresas, reduzindo o prazo médio de quase 120 dias para cinco dias úteis.

Nesta quarta-feira (21), o governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Adenilso Biasus, fizeram a entrega do certificado da primeira empresa aberta pelo programa, a Software Rocket Lab, do empresário Renaldo Biola, aqui de Jaraguá do Sul.

A cidade foi escolhida para a realização do projeto piloto por estar com o processo pronto e aprovado.

Divulgada a marca do Centro de Inovação

Marca foi divulgada nesta terça-feira (20). Foto: CMC/Divulgação

Centro de Inovação de Jaraguá do Sul formalizou nesta semana o início das atividades com a assinatura do contrato de gestão e o lançamento da própria marca.

Construída a partir de um processo colaborativo orientado pela Agência CMC e pela Católica de Santa Catarina, ela envolveu alunos de design da instituição durante uma maratona de branding.

Juntos, estudantes e profissionais trabalharam ao longo de dois dias e, ao término da iniciativa, apresentaram o nome "Novale" para identificar o Centro de Inovação.

“Novale é um neologismo criado a partir da palavra ‘nova’ de inovação e da localização do Centro: o Vale do Itapocu. Valorizamos o aspecto local, deixando evidente a principal característica do espaço, que é inovar”, destaca Luis Hufenüssler Leigue, da CMC.

Duas Rodas amplia instalações na Colômbia

A Duas Rodas inaugura nesta quinta-feira (22) as novas instalações da sua fábrica na Colômbia. O investimento permitirá dobrar a capacidade de produção da unidade colombiana. Esse novo passo está dentro da estratégia de expansão e consolidação da empresa na América Latina.

Nos últimos anos, a multinacional jaraguaense fez importantes investimentos em suas unidades no exterior, com a inauguração de novas e amplas instalações nas unidades da Argentina (2015), do Chile (2017) e na duplicação do espaço físico da filial no México, no início deste ano.

 

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?