O Índice de Atividade Econômica (IBC) catarinense de maio de 2021 apresentou crescimento de 14,03% em relação ao mesmo mês do ano passado, em um resultado carregado com força pelo comércio e pelos setores de serviços.

Segundo dados do IBGE, em Santa Catarina o resultado positivo de maio foi puxado tanto pelo comércio varejista, com forte expansão em vestuário e bens de uso pessoal, como também pelo setor de serviços, com a recuperação positiva do turismo no Estado. Enquanto isso, a indústria de transformação manteve o nível de produção estável.

Na comparação com abril deste ano, o crescimento foi de 0,91%, sendo a segunda variação positiva consecutiva. Os dados foram divulgados pelo Observatório Fiesc.

Em âmbito nacional, o IBC de maio foi 14,2% superior ao do mesmo mês de 2020, mas registrou retração na comparação com abril de 2021 de 0,43%.

Ou seja, o resultado catarinense ficou um pouco abaixo do consolidado nacional no espaço de 12 meses, apesar de ter superado o resultado do mês isolado.

O patamar do índice do IBC no valor máximo da série histórica em Santa Catarina, unido à forte geração de empregos no estado em 2021 apontam que os principais reflexos da pandemia vêm sendo superados, com exceção de alguns setores de serviços e comércio. O desafio daqui em diante será de sustentar o nível de crescimento da economia e a continuação da geração de emprego e renda.

Submerso

Bombinhas passou a integrar a Rota dos Vinhos com a primeira vinícola subaquática do Brasil - a empreitada foi anunciada pela Prefeitura neste final de semana. O método de produção é usado por apenas uma dezena de vinícolas em todo o globo, e Bombinhas deve ser a primeira cidade no Brasil a contar com este modelo de produção.

Turismo

O setor de turismo brasileiro registrou em maio, último mês com dados consolidados, faturamento de R$ 9,6 bilhões, 47,5% superior ao de maio do ano passado. No entanto, em comparação ao mesmo mês de 2019, antes do início da pandemia da Covid-19, houve redução de 31,2% no faturamento do setor. Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio/SP).

Comércio

As vendas do comércio físico brasileiro registraram aumento de 10,1% no primeiro semestre de 2021 em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse foi o maior crescimento semestral desde 2010, segundo informações da Serasa Experian.

 

Sobe Inflação...

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA - a inflação oficial do país) deste ano subiu de 6,11% para 6,31%. A Projeção desta semana para inflação está 1,06 ponto percentual acima do topo da meta.

... E os juros

Para o mercado financeiro, a expectativa é que a taxa básica de juros, a Selic, encerre 2021 em 6,75% ao ano, 2,5 pontos percentuais acima da vigente, de 4,25%. Para o fim de 2022, a estimativa é que a taxa básica suba para 7% ao ano. E tanto para 2023 como para 2024, a previsão é 6,50% ao ano.

Cancelado

Mais de 1,1 milhão de beneficiários tiveram o Auxílio Emergencial cancelado no último mês, segundo o Ministério da Cidadania. A redução do número de beneficiados é explicada pela revisão mensal na base de beneficiários e por indícios de irregularidades apontados pela CGU.

Leilão

O Ministério da Justiça e Segurança Pública abriu nesta segunda-feira (19) o que classifica como “o maior leilão da história” já feito pela Secretaria Nacional de Política Sobre Drogas (Senad). Os imóveis a serem leiloados estão divididos em dez lotes e avaliados em R$ 80 milhões, entre salas comerciais, terrenos e imóveis urbanos, denominados “Estância Colibri” e a Estância 21, estimada em mais de R$ 10 milhões.

Reconhecimento

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina e organizações parceiras, entre elas a Fiesc - que compõe a Comissão Mista de Responsabilidade Social da Alesc pelo 11° ano consecutivo - estão com as inscrições abertas para a Certificação de Responsabilidade Social e Troféu de Responsabilidade Social – Troféu Destaque SC edição 2021.