Foto Markus Spiske/Unsplash
Foto Markus Spiske/Unsplash

A atividade econômica brasileira registrou alta em agosto, de acordo com os dados divulgados pelo Banco Central (BC).

É o quarto mês consecutivo de crescimento, após as quedas nos meses de março e abril, devido às medidas de isolamento social necessárias para o enfrentamento da pandemia de covid-19.

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), dessazonalizado (ajustado para o período), apresentou expansão de 1,06% em agosto, em relação a julho.

Mas na comparação com julho de 2019, houve queda de 3,92% (sem ajuste para o período, já que a comparação é entre meses iguais). Em 12 meses encerrados em agosto, o indicador também teve queda de 3,09%. No ano, o IBC-Br ficou negativo em 5,44%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

Prêmio internacional

A Celesc é a primeira empresa brasileira do setor energético a conquistar o prêmio internacional AEE International Award por programa desenvolvido na área de eficiência energética.

A Celesc conquistou o título na categoria Projeto Inovador de Energia do Ano 2020 com o Programa “Bônus Motor” que promoveu a substituição de motores antigos por novos, mais modernos e eficientes, ajudando, principalmente, a renovar o parque industrial do estado utilizando um sistema de bônus financeiro.

Em 12 meses, o programa substituiu mais de 1,7 mil motores, o que representou uma economia total de 18,64 GWh, número correspondente ao consumo de aproximadamente 7,5 mil moradias no período de um ano.

Em motores, foram vendidos R$ 14,87 milhões, dos quais R$ 5,02 milhões foram pagos pela Celesc. Os clientes participantes tiveram um bônus médio de 33,78% na troca dos seus equipamentos.

Termo de cooperação

Apostando no potencial de desenvolvimento do biogás e na transição para uma matriz energética ainda mais limpa, a SCGÁS firmou um termo de cooperação com o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás, o CIBiogás.

O objetivo da parceria, que tem duração de no mínimo três anos, é encontrar oportunidades de aplicar projetos para uso do biometano (biocombustível gasoso obtido a partir do processamento do biogás) em Santa Catarina.

O CIBiogás tem exemplos de aplicação de modelos de negócios com biogás e biometano em outros estados: um deles fica no complexo da Itaipu Binacional, onde o biometano gerado a partir de resíduos de restaurantes abastece uma frota de 40 veículos.

Auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal pagou ontem (16) o auxílio emergencial para 3,6 milhões de brasileiros nascidos em julho. Serão liberados R$ 1,6 bilhão para beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família, no ciclo 3 de pagamentos do programa.

Os pertencentes ao Bolsa Família recebem de acordo com o calendário do programa.

Do total, 1,3 milhão receberão R$ 800 milhões referentes a parcela do auxílio emergencial regular, no valor de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família).

Os demais, 2,3 milhões, serão contemplados com a primeira parcela do auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família), num total de R$ 800 milhões.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul