A importância da estruturação de empresas foi destaque na primeira plenária da Acijs e da Apevi no mês de maio, contando com os exemplos de sucesso das empresas Liverpool, Live e Indumak.  "O objetivo é valorizar o empreendedorismo regional, apresentando a experiência de três empresas nascidas aqui, os cenários enfrentados e as estratégias de gestão até chegarem à projeção em que se encontram no mercado mundial", diz o presidente da ACIJS Anselmo Ramos. O maior destaque da noite, no entanto, veio por parte do lançamento do livro "Estruturar, condição para crescer”, do advogado Alidor Lueders, sobre a estrutura e o modelo de gestão da WEG e sua transição da antiga Eletromotores Jaraguá até o grupo WEG. Lueders atuou por 40 anos como executivo na empresa, líder mundial em seu setor. A obra traz um relato da experiência de Alidor na companhia desde sua entrada logo nos primeiros anos de fundação da WEG, passando por diferentes funções. Segundo Lueders, a experiência da WEG traz lições importantes para empresas em crescimento, ressaltando que, embora hoje seja uma gigante, seu exemplo pode servir para empresas de pequeno porte - afinal, um dia ela foi uma pequena empresa estabelecida por três homens com um capital reduzido. Desta trajetória de sucesso, Lueders destaca uma lição em especial: "A trajetória de uma empresa depende da estruturação, e o principal recurso da estruturação é o recurso humano, que precisa ser continuamente aprimorado", aponta. De pouco vale tamanho e tecnologia sem investimento adequado nos profissionais - uma lição que serve também para outros aspectos da vida: não vale negligenciar a estrutura e os aspectos humanos de sua vida.  

Mais opções no Jaraguá do Sul Park Shopping

O Jaraguá do Sul Park Shopping acaba de dar as boas-vindas a três novas operações. Nos últimos dias, os clientes do empreendimento passaram a ter acesso aos produtos da empresa de telefonia Oi, da Salutare Vacinas e da Lug´s. Instalada na Praça de Alimentação, no piso L2, a Lug´s é conhecida pelo famoso frango no balde. A Salutare Vacinas é uma clínica de vacinação que visa à prevenção de doenças para pessoas de todas as idades, de recém-nascidos a idosos. A operação está no piso SS (subsolo).

Núcleo de Inovação visita Instituto SENAI de Tecnologia de Joinville

Grupo de empresários e integrantes do Núcleo de Inovação da FIESC/IEL em Jaraguá do Sul visita nesta quarta-feira (9) o Instituto SENAI de Inovação em Sistemas de Manufatura e Processamento a Laser, instalado em Joinville. A visita é organizada pela vice-presidência da FIESC no Vale do Itapocu com o objetivo de compartilhar informações sobre processos inovadores, agregando mais conhecimento às práticas de gestão pelas indústrias locais. A visita ocorre a partir das 14h30 na unidade localizada na Zona Industrial Norte de Joinville.

CDL Jaraguá do Sul é uma das ganhadoras do Prêmio Lojista de Comunicação, da FCDL/SC

A atuação da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul junto aos associados e a comunidade em geral foi reconhecida durante o I Prêmio Lojista de Comunicação, da FCDL/SC. Com o objetivo de reconhecer e estimular ações de comunicação, a iniciativa deu à entidade o troféu da categoria Comercial. O anúncio foi feito, no último fim de semana, na solenidade de encerramento do 18º Encontro Catarinense de Líderes Lojistas, no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis. O Prêmio contou com 16 CDLs inscritas e, entre as finalistas, estavam Criciúma, Jaraguá do Sul, Florianópolis e Lages.

BR-280 foi tema na ACIAG

Na noite desta segunda-feira (7/5), a duplicação da BR-280 esteve em pauta durante a reunião plenária da Associação Empresarial de Guaramirim (ACIAG). O engenheiro Antônio Carlos Bessa, chefe de serviço do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), apresentou aos associados um panorama sobre o andamento das obras. Segundo Bessa, o principal impasse é a liberação de recursos. “As empresas contratadas para a execução do projeto de duplicação têm efetivo e maquinário para concluir a obra em quatro anos, porém isso depende da liberação de recursos”, explica Bessa.

Sobe o preço do GLP

A Petrobras aplicou nesta terça feira um reajuste de 7,1%, em média no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso industrial e comercial às distribuidoras. A companhia tem como base o preço de paridade formado pelas cotações internacionais mais os custos de transporte e taxas portuárias. De acordo com a estatal, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço médio considera uma margem que cobre os riscos - como volatilidade do câmbio e dos preços.