Reconhecida por sua atuação no movimento empresarial de Santa Catarina, a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) completa nesta quarta-feira 84 anos de fundação.

Foi em 22 de junho de 1938 que cerca de 30 empresários se reuniram sob a liderança de Arthur Breithaupt, Waldemar Grubba, Wolfgang Weege e Arnoldo Schmidt, para formar a entidade. O ato representaria um dos primeiros movimentos para dar autonomia e fortalecer o então município após a emancipação de Jaraguá do Sul, até 1934 ligada política e administrativamente a Joinville.

Do primeiro encontro liderado por industriais e comerciantes, a Acijs foi solidificando ano a ano seu papel de representação do setor produtivo. Ao lado da preocupação com o fortalecimento da atividade econômica, em uma Jaraguá do Sul que avançava em vários segmentos, do têxtil e vestuário, à metalurgia e manufatura, a entidade também passaria a ser porta-voz dos anseios da comunidade na busca de melhor infraestrutura em áreas como segurança pública, saúde e educação, oportunizando à população bem-estar social e qualidade de vida.

Atual presidente, Ana Clara Franzner Chiodini, avalia que essa característica de atuação permeia a história da entidade e torna a Acijs referência do movimento associativo no Estado e o reconhecimento nacional.

“É o senso de engajamento e de organização da classe empresarial um dos principais legados daqueles pioneiros. O que torna a Acijs diferenciada é o dinamismo e a busca da inovação, com arrojo e liderando ações muitas vezes como entidade à frente do seu tempo. São princípios que estão muito alinhados aos valores que começaram a ser definidos pelas primeiras gestões e renovados sucessivamente por cada nova diretoria”, enfatiza Ana Clara.

A Acijs se prepara para os próximos anos apoiada no planejamento estratégico, com foco na inovação e auxiliando empreendedores na melhoria da gestão de seus negócios.

Para marcar os 84 anos de fundação, a entidade realiza no dia 27, próxima segunda-feira, um painel com a presença de três ex-presidentes.

O tema “Desmistificando a Governança – Como construir empresas longevas e sustentáveis” vai contar com as participações dos ex-presidentes Décio da Silva, Jaime Richter e Monika Hufenüssler Conrads, que integram o Conselho Superior da entidade.

O painel ocorre às 19 horas, no Centro Empresarial, terá a presidente Ana Clara Franzner Chiodini como mediadora, e a entrada é gratuita para empresários e comunidade, mas as vagas são limitadas. Ao final do painel, será servido um coquetel aos presentes, em comemoração ao aniversário.

Securidade

A Caixa Seguridade divulgou, nesta segunda-feira (20), relatório baseado em dados da Susep que destaca o desempenho de Previdência e do ramo de seguros Prestamista em abril de 2022. Na comparação com abril de 2021, o ramo de Previdência registrou alta no mês de 63,1% nas contribuições mensais e de 23,0% nas reservas, alcançando o patamar de R$ 118,1 bilhões de saldo. O Seguro Prestamista teve aumento de 18,7% na emissão de prêmios mensais em abril na comparação com o mesmo período do ano anterior.

OCDE

O Brasil sedia, até sexta-feira (24), uma série de reuniões entre países latino-americanos e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo das economias mais industrializadas do planeta. A Semana Brasil-OCDE, realizada no Itamaraty, em Brasília, englobará vários eventos sobre políticas econômicas, educação e produtividade no Brasil e na América Latina.

Preços

Um dia depois da renúncia de José Mauro Coelho da presidência da Petrobras, o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse na terça-feira (21) que não é possível interferir no preço dos combustíveis da estatal. A declaração foi dada em audiência pública conjunta das comissões de Fiscalização Financeira e Controle; de Finanças e Tributação; de Minas e Energia; e de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados.

Copom

O Comitê de Política Monetária (Copom) avaliou que, apesar de “bastante intenso e tempestivo”, o atual ciclo de aperto monetário foi necessário, por causa da defasagem da política monetária. "Mas ainda não se observa grande parte do efeito contracionista esperado, bem como seu impacto sobre a inflação corrente”. É o que diz a ata da última reunião do comitê, divulgada na terça-feira (21), em Brasília.

Na semana passada, por unanimidade, o Copom elevou os juros básicos da economia - a taxa Selic, de 12,75% para 13,25% ao ano. Apesar de o aumento de 0,5 ponto percentual estar dentro do previsto, o comitê surpreendeu o mercado ao anunciar que pretende continuar a elevar a taxa nas próximas reuniões.

Biocombustíveis

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, na segunda-feira, a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/22, de autoria do Senado, que busca estimular a competitividade dos biocombustíveis em relação aos combustíveis fósseis. A PEC prevê que as fontes de energia limpas tenham benefícios por, pelo menos, 20 anos.

Leite

O presidente do Sindileite (Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados) de Santa Catarina, Valter Brandalise, trouxe más notícias para o consumidor catarinense: segundo o Sindileite, o preço do litro do leite longa vida pode chegar aos R$ 7 no Estado até o início de julho - e já estaria neste patamar em partes do território catarinense.