Neste ano, a data confirmada para a Black Friday será em 29 de novembro | Foto Divulgação
Neste ano, a data confirmada para a Black Friday será em 29 de novembro | Foto Divulgação

Novembro se tornou um dos meses mais aguardados do ano pro lojista (aumentam suas vendas) e consumidores (oportunidades de compras com desconto). Isso acontece por conta da famosa Black Friday, uma grande ação de vendas com o objetivo de liquidar os estoques varejistas com descontos de até 70%.

Black Friday significa em português “sexta-feira negra”. Foi criada nos Estados Unidos e é realizada no feriado americano “ação de graças”; ou seja, na quarta sexta-feira do mês de novembro. No Brasil a primeira Black Friday aconteceu em 28 de novembro de 2010 e foi totalmente online.

Em 2013 faturou R$ 770 milhões no comercio online segundo o E-bit. Em 2017 a data teve um crescimento de 16% em relação ao ano anterior. De acordo com a Associação Brasileira de Comercio Eletrônico (ABComm), as lojas virtuais movimentaram R$ 2,48 bilhões.

As buscas são pelos mais variados setores, com destaque para pedidos de eletrodomésticos, moda, telefonia, perfumaria e casa/decoração. O item campeão de busca foi o iphone seguido por geladeiras, televisores e notebooks.

O maior faturamento foi nas categorias eletrodomésticos, telefonia, eletrônicos, casa/decoração.

Regulamentação

A Black Friday não possui uma regulamentação própria, e qualquer empresa que deseja participar pode criar suas promoções. Não apenas empresas virtuais. Está cada vez mais comum as lojas físicas aderirem a este movimento.

No entanto, a Câmara Brasileira de Comercio Eletrônico (câmera e-net) criou um comitê para regulamentar a data. As empresas que estão participando devem se cadastrar para receber um selo especial chamado Black Friday Legal.

O consumidor está cada vez mais atento aos sites nos quais efetua suas compras durante o período. Por isso, é essencial que os e-commerces sérios tenham um certificado de segurança, que é aquele que garante que o endereço começará com “https” e não apenas “http”, afirma Mauricio Balassiano, diretor de certificação digital da Serasa Experian.

“Neste caso, o “S” significa que o site está seguro”, orienta. Apesar de ser uma grande oportunidade para adquirir itens com melhores preços.

Cuidados durante a Black Friday

Fique de olho em fraudes

Faça pesquisas dos itens que deseja comprar para comparar com preços “promocionais”. Infelizmente, há estabelecimentos que aproveitam a oportunidade para aumentar o preço dos produtos e colocar um desconto falso.

Compre apenas o necessário

Analise o que você realmente quer comprar e o que é por impulso. Sugestão: faça uma lista e compre apenas o que você realmente precisa.

Não abuse do cartão

Excelente aliado das compras quando utilizado com consciência. O cartão pode dar a falsa sensação de que não está gastando. Fique atento ao seu orçamento.

Aproveite com consciência

O Black Friday 2018 será no dia 23 de novembro. Como sempre é necessário planejar para fazer bons negócios. Aproveite a oportunidade de descontos, mas não esqueça do seu orçamento.

Analise, pesquise e escreva. Siga o planejamento. Natal está chegando e queremos iniciar 2019 sem as “parcelinhas”.

 

 Por Ludmila Marques