Vem deboche da comissão?

Colunistas

Por: Patricia Moraes

quinta-feira, 04:00 - 22/09/2016

Patricia Moraes
As declarações do presidente da Câmara, José de Ávila, e do diretor jurídico, Izidiro Flor, revelam que a Comissão Processante tem tudo para terminar em pizza. Ocupando um cargo político por indicação do presidente, Izidoro prevê que os trabalhos durem até dezembro e que o relatório só será votado na última sessão do ano.  Ou seja, mesmo que perca o mandato, Ávila fica até o apagar das luzes. O denunciante, Dinalberto Moreira, critica a comissão presidida por Jeferson Oliveira, uma aliado de Ávila, e lembra que ele já está condenado em segunda instância e o que a Casa dever fazer é apenas seguir a Lei Orgânica do Município, que prevê que o vereador condenado em processo transitado em julgado perde o mandato. linha flecha Irregularidade nas doações A equipe de técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU) que trabalha no cruzamento de dados das prestações de contas dos candidatos concluiu a terceira semana de análise, envolvendo o total de 649.132 registros de doação e 1.145.606 registros de despesas. De acordo com os últimos dados consolidados, dos 330.574 registros de doação analisados até agora, foram identificados indícios de irregularidades em 92.276, o que equivale a 27,9% do total. O trabalho inédito é resultado de uma parceria firmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e diversos órgãos públicos para fiscalizar a prestação de contas dos candidatos e coibir crimes eleitorais no período de campanha. linha flecha Lojistas e candidatos Os candidatos à Prefeitura de Jaraguá do Sul foram convidados para apresentar, amanhã, suas propostas para o Núcleo de Lojistas do Calçadão. O encontro acontece na MBS Treinamentos, no Shopping Fall, a partir das 9h30. A iniciativa também servirá para a entrega de reivindicações listadas pelos comerciantes instalados na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca. Entre os pleitos estão diversas melhorias estruturais, mais fiscalização quanto a vendedores ambulantes e aporte na segurança. O encontro não será aberto a perguntas ou debate. linha flecha TAC firmado no Social A Prefeitura de Jaraguá do Sul firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de Santa Catarina. Entre as obrigações previstas no documento, o município se compromete a manter, no máximo, 45 pessoas na fila de espera para atendimento nos programas do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas). Também indica que essas pessoas sejam atendidas no prazo máximo de 90 dias. linha flecha
Foto: Eduardo Montecino/OCP Online
Foto: Eduardo Montecino/OCP Online
Visita à redação Deputado federal Pedro Uczai (PT) veio a Jaraguá do Sul ontem acompanhar a agenda do candidato à Prefeitura pelo partido, Luiz Ortiz. Os dois visitaram a redação do OCP acompanhados dos candidatos a vereador Justino da Luz e Mari Camara. linha flecha Na oposição Pedro Uczai prefere não usar a palavra difícil, diz que o PT vive um momento desafiador, mas acredita que na oposição ao governo Michel Temer a sigla terá a oportunidade de se reencontrar. “Há três meses, eu previa que faríamos 20 vice-prefeitos e 15 prefeitos, hoje já acredito que temos chance de eleger 40 vices e 30 prefeitos. A agenda do PT é se posicionar contra os retrocessos sociais previstos pelo governo Temer”, disse. linha flecha Recursos de campanha Faltando 10 dias para as eleições, a dificuldade de angariar recursos para campanha foi um destaques das novas regras eleitorais. Antídio Lunelli (PMDB) declarou ter investido até agora R$ 154 mil, sendo que 90% são de recursos próprios do candidato. Ivo Konell (PSB) declarou ter colocado R$ 97 mil na campanha, com 90% sendo de recursos vindos do próprio bolso. Jair Pedri (PSD) arrecadou R$ 42 mil até agora, sendo R$ 23% de recurso do candidato. E Luiz Ortiz (PT) arrecadou até agora R$ 7.115, tudo doação de pessoa física. linha flecha Inquérito O Ministério Público instaurou inquérito para apurar suposto desrespeito à carga horária por parte de um pediatra que atende no Posto de Saúde Jaqueline Francener.  A chefe da unidade também está sendo investigada por aparente conivência.
×