Prisão surpreende o meio político

Colunistas

Por: Patricia Moraes

quarta-feira, 04:00 - 15/06/2016

Patricia Moraes
A  prisão do ex-deputado estadual e vice-presidente do diretório estadual do PSDB no Estado, Gilmar Knaesel, sacudiu o mundo político ontem e deixou muito tucano perplexo. Knaesel é acusado de desviar verbas de subvenções sociais quando era secretário de Turismo e Esportes no governo de Luiz Henrique da Silveira (PMDB).  Também é réu em pelo menos 10 processos judiciais, que apuram crimes como improbidade administrativa e peculato, e já recebeu 173 notificações de multas do Tribunal de Contas do Estado. Ele vinha sendo apontado pelo PSDB como candidato à Prefeitura de Pomerode.  As investigações envolvem, principalmente, subvenções concedidas a entidades esportivas. Na gestão de Knaesel durante o governo de LHS, mais de R$ 13 milhões foram repassados para ONG’s em diversos municípios. Segundo informações da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Florianópolis, a prisão não tem ligação com a subvenção concedida à Associação dos Amigos do Esporte Amador de Jaraguá do Sul, a qual apresentou falhas na prestação de contas e estaria restrita, por enquanto, a um caso registrado em Biguaçu.

* * *

2012_09_27 - camara de vereadores de jaragua do sul, natália petry - fm (40)
Foto: Fábio Moreira/Arquivo OCP
Contra o interesse público Os vereadores Jeferson Oliveira (PSD), Arlindo Rincos (PSD), João Fiamoncini (PSD), Jocimar Lima (PSD), Ademar Winter (PSDB) e José de Ávila (PSC) rejeitaram projeto de lei de autoria da vereadora Natália Petry, (PMDB) que obrigava as empresas de telefonia fixa, banda larga e televisão a cabo a identificar os fios e a retirarem dos postes a fiação excedente. O objetivo era acabar com o emaranhado e evitar acidentes, mas parece que o cabo de guerra político-eleitoral impediu que alguns vereadores cumprissem com seu papel de pensar no bem público.

* * *

Dieter é candidato Em resposta à nota publicada ontem pela coluna sobre a costura da tríplice aliança, o presidente do PP, Ademir Izidoro, confirma as negociações com o PMDB e o PSDB, mas garante que o prefeito Dieter Janssen é candidato à reeleição.

* * *

Indicação   Vereador João Fiamoncini (PSD) quer que a Prefeitura promova uma nova avaliação dos imóveis interditados com as enxurradas de 2008, 2011 e 2014, após a conclusão das obras da Defesa Civil. Segundo as associações de moradores, muitas casas não apresentam mais risco.

* * *

Saúde   O presidente da Câmara de Vereadores de Guaramirim, Evaldo Junckes (PT), está internado no Hospital São José depois de sofrer um princípio de AVC. Junckes será submetido a uma série de exames, mas está bem e consciente.

* * *

Planos de Bylaardt   Na campanha pela Prefeitura de Guaramirim, Nilson Bylaadrt (PMDB) deve ter como foco principal a saúde. Entre as propostas está a de acabar com as filas para agendamento de consulta, como aconteceu em Jaraguá do Sul, e também voltar a repassar a gestão do hospital municipal a uma entidade filantrópica. EM FOCO • Presidente da Acijs, Giuliano Donini, comentando a crise na saúde pública de Santa Catarina, lembrou declaração do governador Raimundo Colombo de que os hospitais de Jaraguá do Sul são os únicos do Estado onde a sociedade coloca mais dinheiro do que os cofres públicos. • Para Donini, além de investir na saúde, os empresários também devem se manter organizados para cobrar do Estado a contrapartida necessária. • Segundo dados da Fundação Cultural, Jaraguá do Sul possui 91 tombamentos que incluem imóveis, árvores, pontes, escolas, igrejas e um núcleo rural. • Pelas redes sociais, um protesto pedindo a conclusão das obras da pista de atletismo está sendo organizado para este sábado. • Cumprindo acordo com a CDL, a Prefeitura de Jaraguá do Sul deu início ontem a mais uma etapa do projeto de revitalização do calçadão da Marechal, com a poda de árvores, troca de lixeiras e substituição de pavers.
×