O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) transmite nesta segunda-feira o cargo para o presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o desembargador Rodrigo Collaço. Pinho Moreira viaja para Europa para compromissos particulares e só retorna no dia 2 de agosto.

No período que estará no comando do Estado, Collaço irá sancionar o projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa que cria 462 cargos de comissionados no TJ.

A proposta vai aumentar em R$ 60 milhões a folha de pagamento do Judiciário catarinense. A situação das finanças de Santa Catarina já é bastante complicada. O déficit previsto para o próximo ano é de R$ 3 bilhões sem considerar as contratações.

Quer receber as notícias no WhatsApp?