O novo sistema de informação da Prefeitura de Jaraguá do Sul será instalado nas próximas semanas. Desenvolvido pela empresa Betha Sistemas, de Criciúma – que prestará toda a assessoria técnica – ao custo de R$ 2 milhões, o sistema incluirá a transferência de aproximadamente 6,5 milhões de dados, o que deve ocasionar a suspensão dos serviços por alguns dias. A previsão é que a mudança favoreça a descentralização das ações e uma maior facilidade aos munícipes. Através dele, por exemplo, será possível retirar certidões negativas pela internet, o que deve diminuir 35% do movimento presencial do setor de protocolo. Os procedimentos para implantação do sistema iniciaram em novembro do ano passado, após uma disputa judicial que acabou atrasando o processo. O sistema utilizado atualmente pela Prefeitura é de 1988, ou seja, já tem quase 30 anos. Leia mais: Prefeitura de Jaraguá prepara migração dos dados cadastrais para novo sistema Tradição valorizada Marcelindo Gruner (PTB) apresentou duas indicações esta semana na tentativa de valorizar a tradição germânica em Jaraguá do Sul. Em uma delas, o parlamentar solicita que a Prefeitura faça estudo para tornar o strudel “Patrimônio Cultural e Gastronômico do Município”. A outra indicação sugere a formulação de um projeto de lei para tornar as sociedade de tiro “Patrimônio Cultural do Município”. “Nós não podemos perder esta história”, defendeu o líder de governo na tribuna.
O presidente do PP de Jaraguá do Sul, Ademir Izidoro, e ex-prefeito Dieter Janssen almoçaram nesta semana com os prefeitos de Corupá, João Gottardi (PP), e de Schroeder Osvaldo Jurck (PSDB). Também acompanharam o encontro o vice-prefeito de Corupá, Arno Neuber, e o secretário de Saúde de Schroeder, Orlando Tecilla. No cardápio, interesses da região e conjuntura política para 2018. Jurck já admitiu à coluna que pode deixar o PSDB nos próximos meses, mas até agora não tem revelado qual será seu destino | Foto Divuklg
O presidente do PP de Jaraguá do Sul, Ademir Izidoro, e ex-prefeito Dieter Janssen almoçaram nesta semana com os prefeitos de Corupá, João Gottardi (PP), e de Schroeder Osvaldo Jurck (PSDB). Também acompanharam o encontro o vice-prefeito de Corupá, Arno Neuber, e o secretário de Saúde de Schroeder, Orlando Tecilla. No cardápio, interesses da região e conjuntura política para 2018. Jurck já admitiu à coluna que pode deixar o PSDB nos próximos meses, mas até agora não tem revelado qual será seu destino | Foto Divulgação
    Recursos do Badesc A Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc) está apta a operar recursos do Programa Avançar Cidades, criado para atender demandas municipais nas áreas de mobilidade e saneamento. O programa será realizado com recursos do FGTS, com carência de quatro anos e prazo de amortização de até 20 anos. A previsão inicial é de um aporte de R$ 3,7 bilhões. O Badesc já está em contato com a Caixa Econômica Federal para habilitação e credenciamento da equipe técnica para realização das operações. Leia mais: Badesc irá operar recursos do Programa Avançar Cidades Faltas preocupam Somente em maio deste ano, a Secretaria de Saúde de Schroeder registrou 132 faltas em consultas médicas, o que representa quase 20% dos agendamentos. Além dessas, foram sete faltas em consultas com fisioterapeutas, 26 em atendimentos com enfermeiros, 18 com nutricionistas, 10 com dentistas e 31 em atendimento com psicólogo. Parque de Eventos Vereador Jackson de Ávila (PMDB) acredita que o Parque de Eventos de Jaraguá do Sul pode ser mais bem aproveitado pela comunidade, sendo transformado em um local de lazer e compras. Em discurso na tribuna da Câmara, o parlamentar disse que o ideal seria abrir o local para que empresários possam explorar o espaço para comércios como restaurante, bares e outros. “Como está hoje, o parque está gerando um custo ao município que pode ser eliminado com tais medidas. O parque precisa ser autossustentável”, sugere. TCE faz alerta Foi publicado na edição de sexta-feira (2) do Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado uma notificação de alerta à Prefeitura de Massaranduba em decorrência dos gastos com pessoal terem alcançado 90% do limite máximo previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal – de 54% do orçamento. Ainda segundo os técnicos do TCE, a meta bimestral de arrecadação prevista até o 2º bimestre de 2017 não foi alcançada, pois a previsão foi de R$ 16.295.683,88 e o resultado foi de R$ 16.270.276,13.
Representantes da Faculdade Jangada estiveram com o prefeito Antídio Lunelli (PMDB) conversando sobre o projeto de ampliação da unidade e da possibilidade de oferta de novos cursos já no início de 2018. O alvará de construção para ampliação da estrutura já foi solicitado. Na foto, Edson Stalf, Humberto Pradi, prefeito Antídio Lunelli, Lucia Worma, coordenadora, e Pedro de Abreu Gaspar, diretor geral da faculdade. Os cursos novos que serão ofertados devem ser divulgados em breve | Foto Divulgação
Representantes da Faculdade Jangada estiveram com o prefeito Antídio Lunelli (PMDB) conversando sobre o projeto de ampliação da unidade e da possibilidade de oferta de novos cursos já no início de 2018. O alvará de construção para ampliação da estrutura já foi solicitado. Na foto, Edson Stalf, Humberto Pradi, prefeito Antídio Lunelli, Lucia Worma, coordenadora, e Pedro de Abreu Gaspar, diretor geral da faculdade. Os cursos novos que serão ofertados devem ser divulgados em breve | Foto Divulgação
Pente-fino Depois de uma avaliação preliminar sobre as moradias populares construídas pelo Fundo de Habitação, a Prefeitura de Jaraguá do Sul iniciou a convocação de alguns proprietários desses imóveis que, por contrato, não podem ser vendidos ou sublocados. Estimativa aponta que dos 832 imóveis construídos pelo município em parceria com o governo federal, 300 possam estar irregulares.