Foto Arquivo OCP News

Foto Arquivo OCP News

No meio político, empresarial e entre lideranças diversas da comunidade aumenta o movimento em defesa da permanência do delegado regional Adriano Spolaor.

Nos bastidores, circula a informação de que o novo delegado geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, anunciado pelo governador eleito Carlos Moisés, deve trocar o comando de diversas regionais a partir de janeiro.

Aqui a apreensão é grande. A Câmara de Vereadores elaborou uma moção, que será endereçada a Moisés. Os parlamentares lembram que Spolaor vem desempenhando um trabalho eficiente há dez anos na Comarca, e desde 2016 na Regional.

Neste período, o delegado investiu em estrutura, viaturas, reforma. Também criou a central regional de plantão, a divisão de furtos e roubos e desburocratizou a emissão de licenciamentos e alvarás.

A primeira decisão de um governo deve ser reconhecer e manter o que vem dando certo. Decisões políticas não podem influenciar na estrutura policial que será, segundo o próprio governador eleito, uma das principais prioridades no Estado.

Tá acabando

Restam apenas cinco sessões ordinárias para o fim do ano Legislativo em Jaraguá do Sul. Por enquanto, não há previsão de tema polêmico na pauta.

A última reunião acontece dia 20, com eleição da Mesa Diretora.

Parceria renovada

O comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Marcio Leandro Reisdorfer, esteve na Acijs para apresentar à diretoria da entidade as linhas gerais da atuação da corporação, agora sob o comando do oficial.

O objetivo, explicou Reisdorfer, é fortalecer o vínculo da PM com os segmentos ativos da comunidade, buscando como diretriz principal a melhoria dos indicadores de segurança pública.

O presidente Anselmo Ramos lembrou a histórica participação da classe empresarial na atenção a demandas da corporação, principalmente quanto ao aumento do efetivo e na atualização dos equipamentos.

Ao fim, Ramos pediu ao comandante a intensificação das ações de inteligência, e que a PM avalie a possibilidade de deslocamentos mais constantes de equipes da polícia montada para atuação no município.

Formando consciências

O prefeito Antídio Lunelli e o presidente do Samae Ademir Izidoro na formatura dos alunos que participaram das atividades do Programa de Educação e Valorização da Água (Proeva), no segundo semestre de 2018.

Mais de 740 estudantes receberam o certificado de “Amigos da Água”. “A partir de agora estas crianças auxiliarão no cuidado com a água, com a forma correta que o lixo deve ser descartado, o esgoto sanitário e a preservação de nosso meio ambiente como um todo”, ressaltou Izidoro.

Para Lunelli, preparar as crianças para ações de sustentabilidade é essencial. “Diariamente flagramos cenas de desrespeito com nossos rios, não podemos mais aceitar isso. O Samae está de parabéns por este programa que trabalha a conscientização nos nossos alunos”, defendeu.

Tecnologia nas escolas

A Câmara aprovou projeto do Executivo que abre crédito adicional suplementar no orçamento da Secretaria Municipal de Educação no valor de R$ 3,4 milhões.

O recurso irá garantir investimentos em equipamentos de informática e mobiliários. Segundo o governo, o remanejamento orçamentário tem por finalidade a aquisição de 1.290 chromebooks e 35 estações de recarga.

Adote um Verde

Projeto de autoria dos vereadores Eugênio Juraszek e Anderson Kassner, ambos do PP, que institui no município o Programa Adote um Verde, foi aprovado em segunda votação pela Câmara.

Após a sanção do prefeito Antídio Lunelli, o ajardinamento, a conservação, a manutenção de praças, rotatórias, trevos e canteiros poderão ser feitos através de termo de cooperação entre empresas privadas e o município. A Secretaria de Obras será a responsável pela edição das normas técnicas, viabilização e fiscalização.

Palavra mantida

Presidente do PP, Ademir Izidoro, garante que os vereadores da sigla, Anderson Kassner, Celestino Klinkosky e Eugênio Juraszek, vão cumprir acordo e votar em Marcelindo Gruner para presidência. Somando com o apoio do MDB, a fatura é dada como liquidada, mesmo que seja preciso levar os titulares para Casa.

Quem vai?

O clima entre os vereadores do MDB já foi melhor em Guaramirim. A eleição para presidência da Mesa Diretora da Câmara é motivo de discórdia.

O PP garante que vai cumprir o acordo, mas espera a indicação do nome escolhido pela sigla. E são três possíveis concorrentes no MDB, Charles Longhi, Helio Heineck e Lizeu Wisotscki.

Regulamentação

Mais uma confusão envolvendo motoristas de táxi e de Uber reforça a necessidade de regulamentação do serviço por parte da Prefeitura.

Atualmente, nem fiscalizado o serviço de Uber pode ser. E quanto aos táxis, há mais de três anos novas regras são debatidas sem que se tenha chegado a um consenso.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?