D  ando continuidade à proposta de tornar Jaraguá do Sul uma cidade mais acessível, o promotor de direitos humanos do Ministério Público de Jaraguá do Sul, Henrique da Rosa Ziesemer, está divulgando as cartilhas explicativas que tratam da garantia da acessibilidade das pessoas com deficiência nos espaços públicos e privados de uso coletivo.  As cartilhas, elaboradas pelo Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor, apresentam orientações ilustradas sobre os principais pontos da NBR 9050, norma da ABNT que trata da acessibilidade. Por exemplo, é explicado como devem ser construídas as rampas de acesso, quais as dimensões de sanitários e corredores de uso coletivo, calçadas, entre outros. Em maio deste ano, o MP, a Prefeitura de Jaraguá do Sul e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) assinaram um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que pretende trazer a acessibilidade aos prédios comerciais do município. A partir de setembro, de acordo com o TAC, a Prefeitura já deve ter regulamentado internamente o trâmite de fiscalização e cobrança do atendimento dos imóveis às regras. Também ficou estabelecido que, ao renovar o alvará de funcionamento, o comerciante terá um ano para fazer as adequações necessárias.  A medida assustou alguns lojistas que terão que se adaptar, ou seja, fazer investimentos, mas é necessária para garantir na prática o direito de ir e vir previsto na Constituição. Uma cidade melhor é, sem dúvida, uma cidade acessível a todos. linha azul Velocidade da mudança O filósofo e escritor Mario Sergio Cortella retorna a Jaraguá do Sul nesta quinta-feira com a palestra “Cenários turbulentos, mudanças velozes”. O encontro será às 19h30, na Scar. Abordando temas atuais como as mudanças no mundo dos negócios, competência, organizações, gestão do conhecimento, atitude propositiva, Cortella diz que para sobreviver num mundo que muda em grande velocidade é preciso ser capaz de antecipar-se.  Vale ver e aprender. linha azul Folha de pagamento Depois de Schroeder, ontem foi a vez do prefeito de Massaranduba, Mario Fernando Reinke (PSDB), ser notificado pelo Tribunal de Contas do Estado. A despesa do município com a folha de pagamento ultrapassou os 53% do orçamento no primeiro quadrimestre do ano. O limite máximo previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal é de 54%. Os servidores do município receberam em março deste ano, assim como em Schroeder, a reposição integral da inflação, um reajuste de 11,07%. linha azul
Divulgação
Divulgação
Chiodini assume presidência da FUG O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e deputado estadual licenciado, Carlos Chiodini (PMDB), assumiu a presidência da Fundação Ulysses Guimarães no sábado, durante um evento na Alesc, em Florianópolis. Prestigiando o amigo e companheiro de caminhada política, o presidente estadual do PMDB, deputado federal Mauro Mariani, destacou que a FUG terá a importante missão de interpretar este novo momento político que o país enfrenta, além de entender e atender aos anseios deste novo eleitor. linha azul Cartão corporativo Vereador Pier Gustavo Berri (PMDB) é autor de requerimento aprovado pela Câmara de Vereadores de Massaranduba para que o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), dê fim aos cartões coorporativos. linha azul BR-280 Prevista para a semana passada, a vinda do governador Raimundo Colombo (PSD) para Jaraguá do Sul para assinatura da ordem de serviço da duplicação do trecho urbano da BR-280 acabou não acontecendo. eleicoes 2016• Deputado federal Esperidião Amin (PP) é o maior entusiasta da candidatura à reeleição de Dieter Janssen. O cacique do PP no Estado diz que Dieter tem exatamente o perfil do novo político que a sociedade espera. • Mais uma reunião aconteceu ontem entre as lideranças do PP, PMDB e PSDB. As tratativas avançaram, porém, esbarram sempre na mesma questão: quem vai ceder. • Citado como possível vice, Irineu Pasold (PSDB) está impedido de concorrer por uma condenação do Tribunal de Contas do Estado. Os tucanos devem tentar resolver o impasse nos próximos dias alegando que o ex-prefeito não teve chance de se defender porque não foi notificado. • Pré-candidato pelo PMDB, Antídio Lunelli ressaltou na reunião que sua decisão de concorrer é para valer. O empresário, inclusive, já contratou equipe de marketing. • “Sai desse partido. Tu não tem nada de comunista”. Frase dita ontem por Antídio Lunelli ao presidente da FME, Jean Leutprecht (PCdoB). • Executiva do PMDB do Estado esteve reunida ontem em Florianópolis. O coordenador das eleições municipais, deputado Valdir Cobalchini, apresentou o mapa das pré-candidaturas consideradas estratégicas para o partido. Entre elas Florianópolis, Joinville e Jaraguá do Sul. • Prevista para ir a julgamento na semana passada, acusação por abuso do poder econômico contra Fernando Reinke (PSDB) e Armindo Sesar Tassi (PMDB) foi retirada da pauta do TRE com pedido de vista de um desembargador. O caso deve ser analisado esta semana. Se condenado, Tassi ficará fora do pleito de outubro.