Os vereadores de Guaramirim aprovaram na última sessão o projeto de lei do governo municipal que readéqua R$ 420 mil no orçamento do Município para manutenção de ruas, repasse à Apae e contratação de estudo para licitação do transporte coletivo. A proposta foi aprovada em segunda votação e agora volta à Prefeitura para ser sancionada.

Do total que será realocado, R$ 180 mil serão destinados ao Fundo Municipal de Assistência Social, para o programa de Atenção ao Portador de Deficiência. O recurso será repassado à Apae do município.

Já o restante será dividido, sendo R$ 120 mil para manutenção de ruas, incluindo compra de tubulação, macadame e pagamento de mão-de-obra. Os outros R$ 120 mil serão investidos na contratação de empresa que fará um estudo para identificar o melhor modelo de transporte coletivo para a cidade.

Com a aprovação do projeto, a Secretaria de Planejamento vai providenciar a licitação para contratar o estudo, o que ainda não tem data para acontecer.

A última concorrência aberta pelo Município para concessão do transporte coletivo é de 1994. Desde 2005, porém, o contrato com a Canarinho vem sendo renovado.

Em dezembro de 2017, o Ministério Público ajuizou uma ação contra os ex-prefeitos Lauro Fröhlich e Nilson Bylaardt por não terem tomado nenhuma providência a respeito.

Agora, Luís Antônio Chiodini (PP) corre contra o tempo para tentar regularizar a situação.

O processo não é tão simples. Em Jaraguá do Sul, os trâmites para abertura da licitação vêm de prolongando desde 2015. A previsão é que a concorrência seja lançada entre agosto e setembro.

O Tribunal de Contas do Estado já deu sinal verde e aprovou todas as diretrizes levantadas nesses quase três anos de debate.

Mais R$ 120 mil para ponte

A Prefeitura de Guaramirim e a de São João do Itaperiú vão assinar um convênio para a construção de uma ponte na divisa entre os municípios.

O projeto, já aprovado pela Câmara, prevê o investimento de R$ 120 mil na reconstrução de uma estrutura que foi danificada e interditada pela Defesa Civil ainda em 2015.

Todo o processo de elaboração de projetos e licitação será conduzido pelo governo do município vizinho, explica o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Jiuvani Assis Assing.

Sem capela

O vereador Charles Longhi (MDB) apresentou indicação sugerindo para o prefeito Luís Antônio Chiodini buscar parceria com a iniciativa privada com o objetivo de construir de uma Capela Mortuária, e disponibilizar a população um local público adequado para realizarem o velório de seus entes queridos. O impasse foi causado pelo fechamento da capela que ficava junto á Igreja Matriz.

Aquecendo a pré-campanha

Ednilson dos Passos, Rafael Amorim, Leandro Gonçalves, Dionet Poglia e Guilherme Vogel, ontem, na Feijoada do Novo. Mais de 600 ingressos foram vendidos. A verba será utilizada para manutenção da sigla, que não utiliza verba pública.

Noite de homenagens

OCP divulgação

A sessão solene da Câmara de Vereadores em comemoração ao aniversário do município contou com homenagem aos integrantes das sociedades e com a presença do prefeito Antídio Lunelli e dos deputados Carlos Chiodini e Vicente Caropreso.

Páginas fora do ar

O Facebook retirou do ar uma série de páginas e usuários que eram utilizados pelo Movimento Brasil Livre (MBL) para disseminar notícias falsas, como os perfis Jornalivre, Brasil 200 e O Diário Nacional.

De acordo com a empresa, 196 páginas e 87 contas foram removidas com base no código de autenticidade da rede, porque "escondiam das pessoas a natureza e origem de seu conteúdo" e tinham o propósito de gerar "divisão e espalhar desinformação".

A ação é parte de uma série de esforços da empresa para reprimir perfis enganosos antes das eleições de outubro.

Sem preço mínimo

Foi anulada a portaria do Detran que fixava preços mínimo e máximo para os serviços prestados pelos Centros de Formação de Condutores catarinenses.

A sentença atende a pedido do Ministério Público de Santa Catarina para proteger os consumidores, que estavam inviabilizados de buscar o melhor preço pelo serviço.

Quer receber as notícias no WhatsApp?