Os deputados estaduais tomaram posse ontem, e, como previsto, Julio Garcia (PSD), assumiu a presidência da 19ª legislatura da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). O parlamentar volta à Alesc por cima após nove anos.

Julio Garcia venceu por unanimidade, o que mostra a força que terá pelos próximos quatro anos. O acordo, que teve como padrinhos além do PSD o PSDB e o MDB, não deixou para o PSL nenhum cargo na Mesa Diretora e nem o comando de nenhuma das comissões de peso.

E é a partir de agora que a política de verdade começa. A boa relação entre Executivo e Legislativo é fundamental para o sucesso de qualquer governo.

E logo no seu primeiro pronunciamento, Julio Garcia mandou um recado para quem estimula o discurso de que agora existem a nova e a velha política. Em meio a um cenário onde a classe política sofre desgaste, o novo presidente não perdeu tempo.

“Sou político e tenho orgulho de ser político. Esse chavão de nova política e velha política para mim é bordão de campanha. Santa Catarina não é bela assim só por suas belezas naturais, mas sim porque muitos políticos a deixaram assim. Jorge Lacerda, Celso Ramos, Ivo Silveira, Vilson Kleinubing, Esperidião Amin, Jorge Bornhausen, Konder Reis, Pedro Ivo Campos e Luiz Henrique da Silveira. Quem não tem orgulho destes nomes?", disse o novo presidente da Alesc.

Na próxima semana, o governador deve se reunir com todas as bancadas para falar das suas prioridades e demonstrar disposição para ouvir.

Eleito com votação recorde, mais de 70%, Moisés sabe que conta com apoio popular, mas, inteligentemente, já percebeu que para governar é preciso dialogar.

Na Mesa

Julio Garcia tem como vice-presidente o deputado Mauro de Nadal (MDB), e 2º vice Rodrigo Minotto (PDT). A 1ª secretaria será exercida pelo deputado Laércio Schuster (PSB), a 2ª pelo deputado Padre Pedro (PT), a 3ª secretaria pelo deputado Altair Silva (PP), e a 4ª pelo deputado Nilson Berlanda (PR).

Presença e aproximação

O prefeito João Carlos Gottardi prestigiou ontem a posse dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa. Acompanhado da secretária municipal de Saúde Bernadete Hilldbrecht e do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Cristiano Hack, Gottardi parabenizou Vicente Caropreso e pediu apoio do deputado aos pleitos do município.

Flerte avança para namoro

As conversas entre lideranças do MDB e do PSD seguem avançando em Jaraguá do Sul. Segundo o ex-vereador Jair Pedri, o possível acordo prevê uma aliança entre as siglas para eleição de 2020, mas sem envolver a participação do PSD na majoritária.

“Não estamos nem pensando em indicar o vice, por exemplo. As conversas preveem que a gente esteja junto, mas sem nenhuma condição. O PSD quer ter uma nominata forte para vereador, incluindo o meu nome”, diz.

Recorde ainda é pouco

A legislatura que tomou posse ontem em Santa Catarina tem a maior bancada feminina da história da Alesc. São cinco deputadas estaduais.

Apesar do recorde, as mulheres ainda representam apenas 12,5% dos parlamentares que iniciam o mandato.

Entre as deputadas estão Ada de Luca (MDB), Ana Caroline Campagnolo (PSL), Ana Paula Silva (PDT), Luciane Carminatti (PT), e Marlene Fengler (PSD).

Novo se organiza

Na próxima segunda feira, o Partido Novo reúne os filiados em Jaraguá do Sul para traçar estratégias para o ano.

Um dos focos é a organização visando o pleito de 2020. A sigla, que deve chegar com o selo de novidade, ainda programa para os próximos meses uma série de ações junto à comunidade.

Prioridades ao setor produtivo

O governo do Estado reúne representantes das associações empresariais dos municípios na próxima segunda-feira para alinhar ações de fomento ao desenvolvimento econômico de Santa Catarina.

A ação, organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, contará com a apresentação dos novos pilares de gestão, bem como, um balanço do primeiro mês do governo Carlos Moisés (PSL).

Concessão das rodovias

Pelo cronograma divulgado pelo Ministério da Infraestrutura, a concessão do trecho Sul da BR-101 deve ocorrer ao longo deste ano.

Já o leilão da BR-470 está em fase final de estruturação, mas ainda sem data para a concessão. Depois será a vez da BR-280. A concessão para a iniciativa privada deve ocorrer depois que a duplicação estiver adiantada.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?