Dois anúncios de empregos publicados pela agência do Sine de Jaraguá do Sul na edição desta quinta-feira (10) geraram polêmica nas redes sociais. Tanto que o post foi apagado à tarde do Facebook da Prefeitura quando os comentários já chegavam perto dos 100. Uma das vagas anunciadas era para operadora de caixa, outra, para vendedora. Ambas tinham como exigência que as candidatas fossem mulheres, sem filhos, com idade de 22 a 30 anos e solteiras. Exigências do empregador. Porém, no direito, o tema é controverso. Na maioria das decisões judiciais esses pré-requisitos são considerados discriminatórios. Há, porém, outra vertente que prega que o empregador pode ter preferência por um perfil de profissional, desde que não adentre em temas como beleza e cor de cabelo, por exemplo. Além da questão legal, há de se considerar também que a sociedade caminha – ou pelo menos deveria estar caminhando - para uma nova realidade. Ao invés de exigir que a candidata seja mulher, solteira e sem filhos, não seria mais justo deixar claro aos candidatos que é preciso estar disponível para trabalhar até tarde, aos sábados e feriados? Até porque para uma mulher solteira sem filhos se tornar casada e com filhos pode ser uma mera questão de tempo, não é? Na restrição de idade, outro ponto a ser discutido. A necessidade do país de reformar a Previdência aumentando a idade e o tempo de contribuição dos trabalhadores está na pauta do dia. Ora, para isso, o mercado de trabalho também precisa se reformar, assim como o inconsciente do empregador e esses velhos conceitos. Ainda sem saber da repercussão nas redes sociais, o responsável pelo Sine do município, Roni Lux, disse à coluna que prefere divulgar as exigências feitas pelas empresas para evitar gasto de dinheiro e tempo aos candidatos que estão fora do padrão desejado. Mesmo assim, conta, já tirou de anúncios requisitos como ‘ser católico’. “Eu assumo a responsabilidade, é minha, não da Prefeitura. Mas as pessoas vêm de ônibus, de bicicleta, caminhando aqui. Fiz com a melhor das intenções”, alega. Ainda no dia anterior, um outro anúncio também disponibilizava uma vaga para operador de caixa masculino com idade entre 25 e 35 anos. Entre outras exigências, pedia cinco anos de experiência (preferencialmente em postos de gasolina). Porém, uma mudança na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com inclusão do art. 442-A por meio da Lei 11.644 de 10 de março de 2008, estabelece que o empregador não poderá exigir, para fins de contratação, mais de seis meses de experiência do candidato a emprego. No Facebook, os anúncios geraram uma enxurrada de críticas. Muitos questionavam o fato das vagas extinguirem quem é mãe, outras, bem-humoradas, perguntavam se a seleção era para a ‘loira ou morena do tchan’. Aos empregadores, provavelmente donos de comércios, cabe uma pergunta: vocês conseguiriam manter seus negócios se fossem tão seletivos com sua clientela? Na manhã desta sexta-feira (11), a assessoria de comunicação da Prefeitura emitiu nota esclarecendo que as vagas e a seleção dos candidatos são de responsabilidade do empregador e a divulgação é feita conforme a solicitação do empregador, como forma de agilizar o processo, chegando o mais próximo possível do perfil procurado por ele para o preenchimento das vagas. "No caso da publicação de quinta-feira (10), a exclusão da mensagem ocorreu, além da discussão que havia sido criada em torno do assunto, também pelo fato de ter expirado o prazo para as entrevistas dos candidatos. A mensagem deixava claro que as interessadas deveriam comparecer na agência às 13h30 para entrevista e encaminhamento e a exclusão ocorreu às 14h35, ou seja, pouco mais de uma hora após o fim da sua validade", diz a nota. LEIA MAIS: - Anúncio de vagas de emprego do Sine de Jaraguá do Sul provoca polêmica   Acusação contra Rincos Em reunião na tarde dessa quinta-feira (10), os vereadores que fazem parte da Comissão Processante aberta para investigar denúncia contra o vereador Arlindo Rincos (PSD) ouviram o ex-servidor do Legislativo, Gleison Collares, indicado por ele para um cargo comissionado na legislatura passada. O ex-diretor acusa Rincos de cobrar propina em troca da indicação ao cargo. Collares esclareceu algumas dúvidas sobre seus comprovantes de saque, que seriam provas de que o dinheiro retirado teria sido repassado a Rincos. Na próxima semana, a comissão começa a trabalhar na elaboração do relatório, que vai indicar pela absolvição ou cassação do mandato do parlamentar acusado. LEIA MAIS: -   Antídio Lunelli reassume Prefeitura
Foi em plena abertura da Feira do Livro que o prefeito Antídio Lunelli (PMDB) reassumiu suas funções ontem. Ao lado de diversas autoridades, destacou a importância do evento e do incentivo à leitura | Foto Eduardo Montecino
Sistema integrado na Defesa Civil A sequência de seminários realizados pela Defesa Civil Estadual chegou aos municípios da Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul ontem. O evento foi realizado no auditório da Católica de Santa Catarina e contou com a presença do secretário de Defesa Civil do Estado, Rodrigo Moratelli, do coordenador regional, Osvaldo Gonçalves, e diretor municipal, Hideraldo Colle. Moratelli destacou que as palestras estão abordando a nova política de funcionamento do órgão, que está trabalhando com a integração do sistema entre todos os municípios. A partir de outubro, os catarinenses contarão com o serviço de alerta via SMS sobre situações iminentes de desastres, emergência e/ou estado de calamidade pública. Na avaliação do secretário, Jaraguá do Sul possui uma das melhores organizações de Santa Catarina, com uma ação em conjunta entre a Defesa Civil e outras estruturas de apoio. Udo Wagner entrega o cargo Sem dificuldades e se dizendo a vontade como prefeito em exercício nos últimos 20 dias, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Udo Wagner, avalia o período de licença do prefeito Antídio Lunelli, que assumiu novamente o cargo ontem, como tranquilo. “Destaco dois momentos importantes que pude acompanhar nestes dias. O primeiro foi a comemoração dos 141 anos de Jaraguá do Sul. O aniversário contou com um grande envolvimento da população. A abertura da Rua Benildo Zamin foi outro acontecimento que marcou”, comenta. O vice-prefeito também visitou entidades do município e redes de supermercado, com foco no desenvolvimento econômico. Água mais cara em Guaramirim A Agência Regulamentadora Intermunicipal de Saneamento de Santa Catarina (ARIS), anunciou o aumento anual da tarifa de água para diversos municípios, entre eles, Guaramirim. Fixado em 4,86%, o índice de reajuste será cobrado a partir de setembro. terão o reajuste a partir de setembro. Fatma em novo espaço O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini (PMDB), e o presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Alexandre Waltrick, autorizaram a abertura de licitação para reforma da nova sede da 15ª Coordenadoria de Desenvolvimento Ambiental (Codam), em Jaraguá do Sul. A unidade, que hoje está localizada na ADR de Jaraguá do Sul, será transferida para a rodoviária, no bairro Baependi. “Na nova estrutura teremos um espaço maior, com estacionamento e com mais qualidade no atendimento”, explica Chiodini. Além de Jaraguá do Sul, a coordenadoria atende demandas de Guaramirim, Corupá, Schroeder e Massaranduba. As indicações Criticadas pelo prefeito Antídio Lunelli (PMDB) por representar um amontoado de papéis que se repetem e pelo presidente da Acijs, Giuliano Donini, por demonstrar falta de priorização das demandas, a enxurrada de indicações pedindo melhorias em ruas da cidade tem diminuído. Na sessão de ontem, os vereadores apresentaram doze delas, em junho, a média girava em trono de 25 a 30 encaminhamentos