Com a arrecadação em queda em função da crise econômica que afeta o país, são R$ 8 milhões de perdas em relação ao orçamento projetado até agora sem contabilizar a inflação, o governo de Dieter Janssen (PP) tem se esforçado para não cortar serviços e nem atrasar salários e benefícios dos servidores públicos. E a ginástica é grande para manter a estrutura atual dos postos de saúde, das escolas com período ampliado, dos serviços de obras e dos novos investimentos em infraestrutura. Uma série de medidas vem sendo avaliada internamente pelo governo para cortar mais gastos sem afetar diretamente a população. Uma das convicções é que dá para reduzir as despesas com o lixo, cerca de R$ 15 milhões ao ano. Apesar de ter aumentado consideravelmente o índice de reciclagem, que em alguns meses já chegou a 30%, a Fujama entende que é necessário diminuir o desperdício incentivando a compostagem e também trabalha em um projeto para que os grandes geradores de resíduos, as indústrias, supermercados, entre outros, sejam responsáveis pelo destino deste material, que é o que prevê a legislação federal. As farmácias, laboratórios, clínicas e hospitais também terão que se enquadrar. linha azul Perdas Na sexta-feira, os municípios catarinenses receberam os recursos referentes à primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de julho. No total, são R$ 84,4 milhões. Pelos cálculos da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), isso representa uma queda de 18,43% em relação à primeira parcela de julho de 2015, já descontada a inflação do período. De janeiro até agora, a queda nominal foi de 1,93%. Ao se considerar a inflação, os municípios já perderam 10,30% ou seja, mais de R$ 200 milhões. linha azul paulo veloso(vice prefeito guaramirim), veloso, paulo - ls (1) Veloso terá Dêgo como vice Pré-candidato pelo PR à Prefeitura de Guaramirim, o médico Paulo Veloso, que é vice de Lauro Fröhlich (PSD), mas se afastou do governo já no primeiro ano de mandato, está conseguindo reunir em torno de seu nome um amplo apoio. O ex-prefeito Mario Sergio Peixer, o Dêgo, confirmou à coluna ontem que será o vice na chapa do PR, que contará ainda com o PSD, de Lauro, e o PPS e, ainda, provavelmente, o PDT. linha azul A novela do viaduto Segundo a assessoria de imprensa do Dnit em Brasília, deve ser definida na próxima semana uma solução para o impasse envolvendo o término nas obras do viaduto da Waldemar Grubba. Três alternativas estão sendo avaliadas. Uma possibilidade é chamar as empresas que obtiveram a segunda e terceira colocações na licitação, outra é relicitar os serviços remanescentes ou, por fim, a realização de aditivo ao contrato da empresa que faz a manutenção da rodovia. Essa última, aparentemente, daria mais agilidade aos trabalhos. O órgão também lembra que a empresa EPT Engenharia foi notificada judicialmente em junho devido ao atraso na conclusão da obra. O prefeito Dieter Janssen aguarda retorno de Brasília confirmando uma agenda com ministro dos Transportes para, mais uma vez, cobrar a inauguração da estrutura. linha azul Candidatura de Amin O deputado Esperidião Amin (PP), que colocou o seu nome como pré-candidato à presidência da Câmara Federal, após a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), anda angariando apoio em reuniões no Congresso Federal. A expectativa é que a eleição ocorra na quarta-feira embora o presidente em exercício da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), insista que ela ocorra na quinta. A pergunta é se Amin vai conseguir na Câmara o que Luiz Henrique da Silveira (PMDB) não conseguiu no Senado. linha azuleleicoes 2016• Para o empresário Antídio Lunelli (PMDB), o limite de gastos nas campanhas, estipulado pela minirreforma eleitoral, é positivo, pois evita o endividamento dos candidatos e também que eles assumam compromissos indevidos. • O prefeito Dieter Janssen (PP) acredita que em 15 a 20 dias o cenário eleitoral fique mais definido. Até lá, serão mantidas conversas com alguns partidos. Porém, Dieter tem surpreendido nos últimos dias e tem dito aos aliados mais íntimos que deve concorrer mesmo sem o PMDB. • A disposição de Dieter em buscar o segundo mandato independente da candidatura do PMDB pode ser explicada pelas pesquisas de consumo interno encomendadas pelo PP. Segundo um cacique: “O vento mudou e traz boas perspectivas para a Primavera”. Outro indicativo da disposição de Dieter em concorrer é agenda mantida por ele. Só no sábado, Dieter compareceu a 11 eventos. Número sugestivo. • Um dos articuladores da candidatura à reeleição de Dieter Janssen é o deputado federal Esperidião Amin que diz que ninguém mais do que Dieter representa o perfil de político esperado pela sociedade: honestidade, competência e capacidade de ouvir. • O PP de Luiz Chiodini está em conversas avançadas com o PSDB e o DEM em Guaramirim. • Com isso e com o frentão do PR, o PMDB de Nilson Bylaardt deve ter apoio somente dos chamados ‘nanicos’. Bylaardt já imaginava ir de chapa pura na majoritária. • Já pelo que tudo indica, Lauro Fröhlich (PSD) deve anunciar nos próximos dias que não irá à reeleição. O desgaste causado pelas dificuldades econômicas e a falta de apoio político são os principais motivos.