Expectativa é grande

Colunistas

Por: Patricia Moraes

sábado, 04:00 - 05/03/2016

Patricia Moraes
A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e o Fórum Parlamentar Catarinense realizam encontro em Jaraguá do Sul na manhã da próxima segunda-feira  para debater questões ligadas à duplicação e à concessão da BR-280. Na oportunidade, a Fiesc apresentará um estudo inédito sobre a situação da rodovia. A ação faz parte da Agenda Estratégica da Indústria para Infraestrutura de Transporte e Logística Catarinense. No documento, a entidade propõe que as obras de duplicação da BR-280 sejam incluídas no Plano Plurianual (PPA 2016-2019) do governo federal. O encontro foi agendado pelo presidente do Fórum, o deputado federal Mauri Mariani (PMDB). A expectativa é para que os representantes do governo federal tragam uma resposta efetiva sobre o futuro da obra, que foi prejudicada com corte no orçamento deste ano, ficando com previsão de apenas R$ 31 milhões dos R$ 120 milhões anunciados.

* * *

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Inauguração O prefeito Dieter Janssen entregou oficialmente ontem uma creche no bairro Chico de Paulo. O Centro de Educação Infantil leva o nome de Apolonia Stählin Junks em homenagem à benzedeira que doou o terreno que hoje abriga a Escola Municipal Francisco de Paulo.  O prédio tem capacidade para atender 200 crianças e recebeu investimento de R$ 1,8 milhão.

* * *

Descontentamento global Os crescentes protestos contra os políticos não são um fenômeno brasileiro. A desaprovação do Congresso e da atuação dos parlamentares também é uma realidade nos Estados Unidos. Pesquisas revelam que a desaprovação do Parlamento americano é de 67% (The Economist), 84% (AP) e 81% (Gallup). Lá, a revolta pode levar o radical Donad Trump para a presidência. Aqui, a bola da vez seria Jair Bolsonaro?

* * *

Despedida O encontro do Fórum Parlamentar catarinense em Jaraguá, na segunda, deve ser o último grande evento coordenado por Mauro Mariani. O pemedebista deixa a coordenação do grupo em abril ao completar um ano na liderança da bancada catarinense. No lugar dele, são cotados Jorginho Mello (PR) e João Rodrigues (PSD).

LEIA A COLUNA COMPLETA NA VERSÃO DIGITAL DO JORNAL O CORREIO DO POVO

×