Dois servidores da Prefeitura no Ministério do Trabalho

Colunistas

Por: Patricia Moraes

quarta-feira, 04:00 - 22/06/2016

Patricia Moraes
Sensibilizado com o calvário das pessoas que procuram o Ministério do Trabalho para fazer a carteira de trabalho ou encaminhar o seguro-desemprego, o prefeito Dieter Janssen (PP) fechou um acordo ontem e irá ceder equipamentos e dois servidores municipais para atuar na agência que é de responsabilidade da União. Na semana retrasada, reportagem do O Correio do Povo mostrou que há gente que passa a noite inteira na fila sem ter a certeza de que será atendido na manhã seguinte. Um descaso com a população.  Com apenas dois profissionais, a agência distribui atualmente apenas 25 senhas por dia para atender à demanda de todos os municípios da região.  A proposta, que vai dobrar o número de atendentes, foi oficializada e aceita pela diretoria do ministério, em Florianópolis. A Prefeitura de Jaraguá do Sul já cede 19 servidores para as polícias Civil e Militar e para Delegacia Regional. É o município arcando com atribuições que não são suas para tentar amenizar a desassistência dos governos do Estado e federal.

* * *

Ações no Calçadão 

O prefeito Dieter Janssen prestou contas à Câmara de Dirigentes Lojistas ontem sobre as demandas do setor atendidas nas últimas semanas. O relatório aponta poda de árvores, manutenção da tubulação, retirada dos vasos para manutenção, aquisição de cinco novos contentores e controle de pássaros. Além disso, a fiscalização foi intensificada. Nos próximos dias deve ser trocada a iluminação em frente ao Museu e à Praça Ângelo Piazera, e a Fundação de Esportes será responsável pelas melhorias na área de lazer, já a Diretoria de Trânsito irá instalar paraciclos.  Em estudo estão a criação de mais vagas para desembarque e a instalação de parklets, áreas contíguas às calçadas, onde são abertos espaços de lazer e convívio.

* * *

Mais Simples na Alesc

Coluna

Chamar o setor produtivo para trabalhar com o poder público, e contar com o apoio do Legislativo. Esta foi a fórmula que o secretário Carlos Chiodini (PMDB), criou para levar com celeridade o Projeto de Lei que deve simplificar o processo de abertura de empresas, com a criação do programa Bem Mais Simples Santa Catarina, protocolado ontem, na Assembleia. A matéria foi recebida pelo 1º vice-presidente, deputado Aldo Schneider (PMDB), das mãos de Chiodini, e do secretário da Casa Civil, Nelson Serpa. Entre outras vantagens, o programa vai possibilitar a abertura simplificada de empresas que não geram risco ao meio ambiente e à população.

* * *

Pelos agricultores

Moção de apelo assinada pelo vereador Eugenio Juraszek (PP) e aprovada ontem pede a flexibilização das políticas para aquisição de milho para os agricultores. Diminuição ICMS, mudanças nas regras de importação ou subsídios para produção são as possibilidades citadas pelo parlamentar. O documento será encaminhado aos governos do Estado e federal.

* * *

PSDC 21 anos 

IMG-20160621-WA0006

O PSDC comemorou seus 21 anos de existência. Ao lado do presidente do diretório municipal, Jocimar Lima, e do pré-candidato à Prefeitura, Junqueira Junior, a mesa foi formada por lideranças de diversos municípios, inclusive pelo presidente nacional, José Maria Eymael.

* * *

Caminho é a concessão 

Diante da falta de recursos federais para investir nas obras em Santa Catarina, o deputado Mauro Mariani (PMDB) avalia que a concessão é a única alternativa para agilizar as melhorias logísticas do Estado. Para tomar conhecimento sobre o Programa de Parceira de Investimentos do novo governo, Mariani tem uma reunião hoje com o secretário responsável pelo setor, Moreira Franco. “Vou solicitar um detalhamento sobre os planos de concessão para obras urgentes como a duplicação da BR-280, BR-470 e BR-282”, adianta.

* * *

EM FOCO

“Vamos ter cerca de 30% de votos brancos, nulos e abstenções. O povo já está cansado. Todos os dias no jornal descobrimos mais um bandido. Desse jeito não vai sobrar ninguém”. Do vereador Ademar Winter (PSDB) sobre os reflexos da política nacional nas eleições de outubro. ••• José Pendiuk dos Santos vai coordenar o grupo de trabalho eleitoral do PT em Jaraguá do Sul. Também vão fazer parte das negociações o pré-candidato a prefeito pela sigla, Luis Carlos Ortiz Primo, Sebastião Camargo, Francisco Rocha, Helenice Vieira, Adriana Cunha, Julie Poglia, Leone Silva, Riolando Petry, Justino da Luz e Marcel Salomon. ••• “Apesar das dificuldades, o partido vem implementando ações para assegurar a unidade e construir um projeto político local, por meio de ações junto à militância, aos meios sociais, sindicais e nos espaços públicos de participação social”, diz nota enviada pela executiva municipal. ••• Segundo pesquisa Ibope divulgada ontem, o pré-candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, o deputado federal Celso Russomanno lidera a corrida eleitoral com 26% das intenções de voto. Depois, aparecem Marta Suplicy (PMDB), com 10%, Luiza Erundina (PSOL), com 8%, e Fernando Haddad (PT), com 7%. O candidato tucano, o empresário João Doria (PSDB), ficou com 6%. ••• A tradicional foto de titulares do poder Executivo em paredes de repartições públicas pode estar com os dias contatos. Começou a tramitar na Câmara projeto de lei do deputado Mauro Mariani (PMDB-SC) que proíbe a exposição de fotos ou imagens de prefeito, governador ou presidente em imóveis públicos, sob pena de multa aos responsáveis. Segundo Mariani, essa exposição representa muito mais a promoção pessoal do mandatário do que uma demonstração de espírito cívico.

×