DNIT não dá prazo ao MPF para a entrega do viaduto

Colunistas

Por: Patricia Moraes

sexta-feira, 04:00 - 10/06/2016

Patricia Moraes
2016_06_08 viaduto Vieiras Schroeder - em Atendendo determinação do procurador federal em Jaraguá do Sul, Claudio Cristani, o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) enviou ao Ministério Público Federal as respostas sobre o viaduto da Waldemar Grubba. O órgão admite o atraso, mas não dá um prazo para a entrega da obra. Como foi noticiado ontem pelo jornal OCP, o novo impasse é quanto ao reajuste solicitado pela empresa responsável pela obra. A EPT Engenharia pede R$ 200 mil a mais, alegando um reajuste médio de 90% no preço do asfalto. Segundo Cristani, a repactuação financeira ainda terá que ser analisada pelo Tribunal de Contas da União, o que significa novos adiamentos. O DNIT de Santa Catarina também ressalta a falta de autonomia financeira e a situação de dificuldade geral quanto às obras federais. O material ainda será analisado em detalhes pelo procurador que não descarta a abertura de uma ação civil pública. Para ficar pronta, a estrutura só precisa receber uma camada de asfalto, com custo previsto de R$ 400 mil. A ordem de serviço para construção do viaduto foi assinada em março de 2013 com um prazo de execução de 18 meses. A entrega estava prevista para setembro de 2014, mas, desde então, outros cinco datas foram anunciadas e descumpridas.

* * *

A vice é impossível Boatos de que o prefeito Dieter Janssen (PP) poderia concorrer a vice em uma chapa composta pelo PMDB são infundados. Dieter nunca aventou a hipótese e, mais, pela lei eleitoral, para concorrer a outro cargo que não o mesmo, o prefeito teria que renunciar seis meses antes do pleito. “Puro boato de fogo amigo”, diz um pepista tradicional à coluna.

* * *

Sessão solene

13319785_1541229442851452_2277888230152541507_n

Durante sessão solene em comemoração aos 60 anos da Scar, o deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) entrega homenagem a Fernando Springman, um dos fundadores da Orquestra Filarmônica de Jaraguá do Sul. O prefeito Dieter Janssen (PP) acompanhou a cerimônia e parabenizou o presidente da entidade, Udo Wagner, pela importante contribuição dada à cultura de Santa Catarina.

* * *

Estacionamento por tempo

Vereador Jeferson Oliveira (PSD) vai apresentar nos próximos dias projeto de lei que obriga os estacionamentos privados a cobrar dos usuários pela proporcionalidade do tempo, e não de hora em hora como acontece hoje. “Quem fica uma hora e dez minutos estacionado, por exemplo, hoje tem que pagar por duas horas. Não está certo”, defende. A proposta prevê que a cobrança seja de 15 em 15 minutos.

* * *

ICMS 

A Prefeitura de Jaraguá do Sul pode seguir o município de Joinville, que anunciou que vai recorrer ao cálculo da Secretaria da Fazenda do governo do Estado, que determinou nova divisão constitucional do ICMS, atribuindo um Índice de Participação do Município (IPM) de apenas 9,1148707 sobre o total dos recursos que serão distribuídos para as 295 cidades catarinenses.

* * *

Na Regional

O delegado Adriano Spolaor assume hoje o comando da Delegacia Regional. Ele já vinha ocupando a cadeira interinamente desde a aposentadoria de Uriel Ribeiro. Além da segurança que é sempre prioridade, um dos desafios será melhorar o atendimento nos setores de emissão de carteira de identidade e motorista.

* * *

EM FOCO

Ex-prefeito Ivo Konell diz que o PSB deve lançar sua pré-candidatura em breve e, enquanto isso não acontece, as negociações com outros partidos tem sido a tônica. “Tem que conversar”, afirma. ••• A delegada de polícia e filha de Konell, Fedra Alcantara, também é um possível nome do partido para o pleito. Dias atrás, à coluna, confidenciou que tem sonho de se candidatar a um cargo majoritário. “Está no sangue, penso que poderia contribuir muito para cidade”, disse. ••• “Pelo jeito não é só em Brasília que presenciamos o desnorteamento da classe política para com os interesses populares. Os vereadores de Joinville, salvo raras exceções, aprovaram um aumento salarial de 9%, num momento crítico de nossa economia e que requer sacrifícios de toda a sociedade”. De leitor da coluna, Jonathan Mandalho. ••• Em Jaraguá do Sul, a promessa é que não haverá reajustes para vereadores e nem para ocupantes do Executivo. ••• O PMDB catarinense realiza, a partir do dia 10 de junho, até o final do mês de julho, 15 workshops para preparação de seus pré-candidatos, em todo o Estado. Serão repassadas orientações jurídicas e contábeis, informações sobre marketing digital, comunicação em multiplataforma e material de campanha. Os eventos acontecerão sempre nas sextas-feiras e sábados.  
×