O prefeito Dieter Janssen reassumiu a cadeira oficialmente ontem, embora não tenha saído de férias como planejado em função das cheias do fim de dezembro. Sua primeira ação foi reunir o secretariado logo no início da manhã para anunciar a realização de um mutirão de obras. O objetivo, segundo ele, é fazer uma “faxina” geral na cidade, que em função das enxurradas – foram 90 dias de chuvas ao todo - teve vários pontos danificados. A operação envolve tapa-buracos, troca de pontilhões, macadamização, troca de sinalização, pintura de algumas vias e pontes, troca de bocas de lobo e tubos e substituição de 60 lixeiras, além de roçagem. A previsão é de que todo trabalho dure até 60 dias. Para isso, uma força-tarefa envolvendo servidores de Obras, Habitação e Diretoria de Trânsito já foi montada e alguns trabalhos serão terceirizados conforme a necessidade. Ainda não há uma previsão oficial de gastos, mas somente nas cabeceiras dos pontilhões nas localidades Ribeirão Grande do Norte, Águas Claras, Água Verde e Garibaldi serão investidos R$ 800 mil. Dieter avalia a possibilidade de decretar o retorno do horário integral na Secretaria de Obras para não correr o risco de não conseguir atender a demanda como planejado. O meio turno tem gerado uma economia média mensal de R$ 400 mil à Prefeitura e por isso deve ser mantido nas demais áreas por um tempo maior. Na reunião, Dieter também cobrou agilidade do Urbanismo na entrega dos projetos para pavimentação de 22 vias. São cerca de R$ 25 milhões projetados para essas obras e a intenção é abrir a licitação o mais rápido possível. Com a operação de limpeza geral da cidade e as obras de pavimentação, o governo atenderá as duas principais demandas atuais da comunidade.

* * *

TROCA AVALIADA

2015_02_01 Dieter prefeito - em (2)-2

Com o prazo de desincompatibilização para quem vai concorrer nas eleições este ano encerrando em abril, o prefeito Dieter Janssen calcula que irá perder 10 colaboradores, entre secretários e diretores. À coluna, ele confidenciou ontem que irá priorizar a substituição por servidores de carreira. 

* * *

Traição de Pedri vai ao Conselho de Ética da sigla O PSDB enviou ao Conselho de Ética do partido o documento em que Jair Pedri justifica sua insubordinação à executiva. No último episódio, considerado a gota d’água, Pedri votou em José de Ávila para presidência da Câmara mesmo com a decisão dos tucanos de apoiar Amarildo Sarti (PV). O objetivo não é a expulsão de Pedri, que sairá de qualquer maneira da sigla na janela que abrirá em março, mas segundo fonte de alta plumagem, o diretório quer “desmascarar” o vereador.

* * *

Câmara retoma trabalhos hoje Os vereadores de Jaraguá do Sul retornam aos trabalhos hoje já em clima de eleição. A bancada de oposição e a dos governistas prometem travar grandes duelos. Mas todos estão preocupados com a campanha que rola na internet defendendo que nenhum vereador seja reeleito. Tentando reverter o desgaste na imagem, um dos primeiros projetos que será colocado em pauta este ano é o que acaba com recesso de julho.

* * *

Agravo negado O Ministério Público negou agravo especial do presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, José de Ávila (SDD), condenado pela venda irregular de medicamentos. O parecer foi assinado pelo sub-procurador-geral da República, Humberto Araújo, e segue agora para o Superior Tribunal de Justiça, que nos próximos dias deve julgar definitivamente o caso. Se for mantida a condenação, Ávila pode perder o mandato, conforme prevê o regimento interno da Câmara.

* * *

Por cargos Os vereadores de oposição que assumiram a Mesa Diretora não pouparam as indicações por cargos. Demitiram até mesmo dois estagiários que vivem no abrigo municipal.

Agenda de inaugurações A agenda de inaugurações da Prefeitura este ano deve ser aberta com a entrega da Ponte do Rau, entre fevereiro e março. Outro grande investimento, a estação de tratamento de esgoto do São Luís, deve ser inaugurada dia 22 de março, Dia Mundial da Água. Também serão entregues a pista de atletismo, o Centro de Esportes e Artes da Vila Lenzi, o Centro de Inovação, creches no Ribeirão Cavalo e Firenzi, campo no Santo Antonio, área de lazer no Harmonia e a sede do Issem.

* * *

Ruas na lista do asfalto Na lista, que ainda será revisada, de ruas a serem pavimentadas este ano pela Prefeitura de Jaraguá, constam: Adelaide Toffol (Tifa Martins),  Oscar Schneider (Jaraguá 99), Waldemar Rau (Três Rios do Sul), parte da Via Verde (Ilha da Figueira),  Alwim Meier (Jaraguá 84), Agusto Demarchi (Três Rios do Sul), Prefeito José Bauer (Três Rios do Sul), Francisco Jacomini (Boa Vista), Hemlmuth Manske (Três Rios do Norte), Cecilia Marquardt (Rau), Irineu Franzner (Tifa Martins), Leodato José Garcia (Ribeirão Cavalo), Erminio Nicolini (Santa Luzia), Dorval Marcatto (Chico Martins), Arduino Perine (Jaraguá 99), Amandus Rengel (Rio Cerro I), Augusto Schwarz (Amizade) e Adão Noroschny (Vila Lenzi). O município irá investir R$ 25 milhões nas obras com recursos oriundos do BRDE, Badesc e emendas parlamentares.

LEIA A COLUNA COMPLETA NA VERSÃO DIGITAL DO JORNAL O CORREIO DO POVO