As entidades empresariais do Vale do Itapocu realizam na segunda-feira  encontro conjunto tendo como pauta as eleições e o próximo governo do Estado. A reunião ocorrerá às 16 horas, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul e tem confirmada a presença do candidato do PSD Gelson Merisio.

Segundo a assessoria de imprensa do Comandante Moisés, do PSL, o candidato não virá ao município. A ausência frustra as expectativas das lideranças locais que esperavam conhecer um pouco mais das propostas do candidato que surpreendeu a todos ao chegar ao segundo turno, deixando para trás o poderoso MDB.

Segundo o presidente da Acijs, Anselmo Ramos, o objetivo do encontro é alinhar as questões que foram tratadas no primeiro turno, mas já pensando em relação à futura composição de governo, quais seriam as primeiras ações e os pontos de atuação no atendimento aos pleitos da região.

“Além das demandas regionais já formalizadas em documento entregue aos candidatos no primeiro turno, é importante agora que a sociedade de maneira geral tome ciência de como será este ajuste considerando a futura gestão estadual e o que se pode esperar em termos de respostas rápidas”, explica.

Até o fechamento desta edição, a equipe do PSL não respondeu se o candidato enviará representante ou uma carta às entidades empresarias da região.

O deputado federal eleito pela sigla, Fabio Schiochet, disse que na segunda-feira terá um compromisso com Comandante Moisés em Campo Alegre e, no domingo, em Joinville. “A agenda está corrida. Agora no segundo turno são cinco minutos de programas por dia, três horas de gravação”, explicou.

Importante saber

O setor produtivo tenta entender quais são as propostas de Moisés para Santa Catarina, não só porque a onda Bolsonaro virou um tsunami e o transformou de azarão a favorito, mas também porque a uma semana do segundo turno, o possível governo do PSL ainda é uma grande interrogação.

Um encontro único

Segundo a assessoria de imprensa, o Comandante Moisés aproveitará evento de terça-feira, da Acate, em Florianópolis, para falar conjuntamente com toda classe empresarial do Estado. “A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul recebeu convite”. O candidato do PSL terá a companhia do astronauta Marcos Pontes, citado como provável ministro de Ciência e Tecnologia de Jair Bolsonaro.

Trecho crítico

Considerado o ponto mais crítico da BR-280 por estudo do Dnit, o trecho urbano da rodovia, entre Jaraguá do Sul e Guaramirim, é uma das maiores preocupações das entidades empresariais.

Acabou a paciência

Vereador Jaime Negherbon (MDB) teve aprovada por seus pares moção de apelo que cobra do governo do Estado o término da construção da escola localizada no bairro São Luís, iniciada em 2011. A obra deveria ter sido finalizada e entregue em março de 2013, mas até agora isso não ocorreu.

“Estamos perdendo a paciência com esta obra que está em construção há quase 10 anos. O governo federal destinou R$ 5 milhões, o terreno foi doado pela prefeitura e a escola está lá, com apenas 5% para terminar”, enfatizou Negherbon na tribuna, mencionando ainda que problemas judiciais e investigação de suspeita de desvio de recursos estão travando a conclusão dos trabalhos.

Schiochet em Guaramirim

Deputado federal eleito, Fabio Schiochet (PSL) tem visitado os prefeitos da região para conhecer as principais demandas dos municípios. Ontem, se reuniu com Luís Antônio Chiodini (PP), vereadores e gestores de saúde.

Fake news em SC

A Polícia Federal de Santa Catarina identificou dez pessoas responsáveis pela maior produção de notícias falsas durante o primeiro turno eleitoral.

O inquérito será aberto na próxima semana.  Apenas um dos boatos, postado no Facebook, teve mais de 3,5 milhões de curtidas, compartilhamentos ou comentários.

É mais da metade dos habitantes do estado.

As dez denúncias encaminhadas pelo Tribunal Regional Eleitoral à Polícia Federal são mentiras criadas exclusivamente para atacar e levantar suspeitas sobre o processo eleitoral.

Mesmo não tendo sido divulgados os nomes dos responsáveis por estes crimes, o presidente do TRE, Ricardo Roesler, afirmou que entre eles há “pessoas conhecidas, incluindo uma deputada eleita”, que atuaram de forma organizada.

Capital do Tiro

Projeto de lei do deputado Rogerio Peninha (MDB), que torna Jaraguá do Sul a Capital do Tiro, deu mais um passo. Parecer do relator Raimundo de Matos foi aprovado por unanimidade na Comissão de Cultura. Ainda não há data para o texto ser levado ao plenário.

A campanha das redes sociais

Juntos, todos os candidatos nas eleições deste ano declararam oficialmente gastos de R$ 67 milhões com o chamado "impulsionamento" de conteúdo nas redes sociais. A maior parte foi para o Facebook, o que é permitido.

Centro de Inovação ganha marca

Neste fim de semana, a CMC realiza um processo inédito em parceria com a Católica. A equipe conduz, juntamente com alunos da instituição, o processo de criação da marca do Centro de Inovação.

A atividade, que envolve nome, DNA, design de marca e logo, vai seguir o sistema Hackaton. Na técnica, os participantes contam com 36 horas de trabalho focado na resolução de um desafio. A ação é uma contribuição da CMC para Jaraguá do Sul, que foi o segundo município catarinense a inaugurar um centro de inovação.

Questões ambientais

O presidente do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, André Adriano Dick, participa da plenária da Acijs, na segunda-feira, às 18h. Em pauta, questões como a maior agilidade na análise de processos de licenciamento ambiental e o funcionamento do escritório regional do órgão, em especial nas demandas da área empresarial.

Questões de segurança

Também estará na plenária o coronel Araújo Gomes, comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, convidado a fazer uma exposição sobre a atuação da instituição no estado, notadamente quanto ao trabalho realizado pela corporação na área de abrangência da 12ª Região de Polícia Militar e do 14º Batalhão de Polícia Militar.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?