Depois de mais de seis anos de obras e muito desencontro de informação sobre sua gestão, o Cedup, em Guaramirim, continua de portas fechadas.

O espaço que deveria estar formando mão de obra técnica e no qual já foram investidos mais de R$ 10 milhões, sem contar o terreno, que foi doado pela Prefeitura – segue sem previsão de funcionar.

A situação foi tema de reunião da classe empresarial nesta semana. Representantes da Aciag (Associação Empresarial de Guaramirim) visitaram o local. “O objetivo é buscar junto ao poder público uma resposta efetiva para o início das aulas.

Acredito que é de interesse de todos. Sabemos que os cursos técnicos contribuem significativamente para o desenvolvimento socioeconômico”, defendeu a conselheira da associação, Eluisa Hertel Maiochi. A estrutura tem capacidade para atender mil estudantes.

O impasse agora gira em torno da liberação dos cursos técnicos para o início das aulas e também sobre quem vai gerenciar, o Estado ou o IFSC, instituição mantida pelo governo federal. “Já foi realizada uma entrega provisória da estrutura, a entrega definitiva será realizada após os ajustes finais.

No momento, o principal impasse para a abertura e o início das aulas é a liberação dos cursos junto à Secretaria de Estado da Educação, a expectativa é que as aulas iniciem em 2019”, diz a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Cristiana Poltronieri. O prazo de abertura já foi adiado outras cinco vezes.

Entre elas

As coordenadoras do PP Mulher com Dieter Janssen na largada da campanha à Assembleia Legislativa. A agenda do pepista prevê nove compromissos neste fim de semana.

Barba, cabelo e bigode

O ritmo de campanha é intenso para coligação “Aqui é Trabalho”. Depois de participar de encontro macrorregional em Criciúma, o candidato a governador Gelson Merisio (PSD) esteve na Serra, ao lado do vice João Paulo Kleinübing (DEM) e dos candidatos a senador Raimundo Colombo (PSD) e Esperidião Amin (PP).

Na sequência, um pit stop numa barbearia em São Joaquim, onde o candidato do PP assumiu a tesoura. Depois, o quarteto esteve em Lages. E ontem a campanha foi concentrada em Chapecó.

Novas lixeiras

Foi aprovado pela Câmara por unanimidade projeto de lei do Executivo que prevê a aplicação de R$ 280 mil na compra e instalação de lixeiras para vias públicas da cidade.

Defendendo a matéria, o líder de governo na Câmara, Pedro Garcia (MDB), anunciou que o edital de licitação já está pronto e na próxima semana será detalhado pelo secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi.

Guaramirim em luto

Faleceu na madrugada de sexta-feira (17), o ex-prefeito de Guaramirim José Prefeito de Aguiar. Também foi vereador e vice prefeito. Foi o responsável pela colocação de paralelepípedo na maior parte da 28 de Agosto. A Prefeitura decretou luto oficial por três dias.

Contorno Oeste

Apresentado nesta semana durante uma consulta pública, o projeto do Contorno Oeste de Jaraguá do Sul tem custo estimado em R$ 64 milhões. O estudo prevê obra em 13,6 Km ligando Nereu Ramos à SC-110, no Rio Cerro I.

Ao longo do trajeto que passa pela Tifa Monos, Ribeirão Cavalo, Jaraguá 84, Jaraguá 99 e Barra do Rio Cerro, estão previstas duas pontes e dois viadutos. O projeto será finalizado no fim do ano. O objetivo da obra, que ainda não tem verba garantida, é tirar o trânsito pesado da área central da cidade.

Candidaturas em alta

O número de pedidos de registro de candidatos que se declaram policiais, militares ativos ou inativos ou bombeiros militares cresceu de 1.044 em 2014 para 1.154 em 2018, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O aumento é de pouco mais de 10%.

As profissões na urna

Em Santa Catarina, dos 462 candidatos a deputado estadual registrados no TSE, 12 usam o título de professor na frente do nome, nove de doutor, entre eles, Vicente Caropreso, e cinco de policial.

Já entre os 241 concorrentes a deputado federal, são sete doutores, cinco coronéis, um comandante, dois policiais e cinco professores.

Lançamento da campanha

O lançamento oficial da candidatura de Mauro Mariani (MDB) a governador acontece neste domingo, em Joinville. O vice Napoleão Bernardes (PSDB) e os candidatos ao Senado Jorginho Melo (PR) e Paulo Bauer (PSDB) estarão presentes.

A coligação e Mariani conta com nove partidos: MDB, PSDB, PR, PPS, PTB, DC, PTC, PRTB e Avante.

“Será um grande encontro, daqueles que querem mais para Santa Catarina. Gente de todo o Estado unida em torno de um ideal, de tornar Santa Catarina mais eficiente e melhor para as pessoas que aqui vivem”, diz Mariani.

Reeleição

Dos 40 deputados estaduais, 29 vão tentar a reeleição. Entre eles, 16 têm mais de um mandato.  E dos 16 deputados federais de Santa Catarina, nove confirmaram que estarão na disputa pela reeleição. O número diminuiu em relação ao pleito anterior, de 2014, quando 13 parlamentares buscaram a reeleição.

Espaço aberto

Dos cinco deputados federais eleitos com maior votação em Jaraguá do Sul em 2014, três vão disputar cargos majoritários: Mauro Mariani (MDB) e Décio Lima (PT), que concorrem a governador, e Esperidião Amin (PP), que busca uma vaga no Senado.

Já Marco Tebaldi (PSDB) e João Rodrigues tentam a reeleição. Mas Rodrigues ainda pode ter a candidatura questionada judicialmente. Ou seja, pelo cenário que se desenha, as candidaturas a deputados federais pela região têm espaço para crescer.

Quer receber as notícias no WhatsApp?