Este foi o slogan da campanha que estampou as camisetas da ‘caminhada da não violência contra mulher’, ocorrida no sábado (30), em nossa cidade. Promovida pela Secretaria de Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), a manifestação homenageou as 51 vítimas de feminicídio registrados neste ano em Santa Catarina.

Reportando-nos à nossa comunidade, oportuno se faz evidenciar que a livre demanda do Creas Nova Brasília atendeu, no decorrer desse ano, mais de 35 mulheres vítimas de algum tipo de violência. Importante salientar também, que o OCP, solidário e defensor dessa causa, sempre denunciará os agressores, por entender que essa espécie mentecapta, pertencentes à família dos ungulados, não sabe que a Declaração Universal dos Direitos Humanos, estabelece, em seu artigo 5º, que “todos somos iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.

Certamente essa espécie não lerá este texto, pois usam o jornal para limpar o que representa sua essência. Outra informação ignorada por esses ungulados, é de que a violência contra a mulher só se materializa fisicamente. Como bem orienta o nosso Creas, além da violência física (empurrar, chutar, amarrar, bater), há a violência moral (caluniar, injuriar, difamar); a sexual (pressionar a prática do ato sexual, negar-se ao preservativo, proibir o uso de métodos contraceptivos); a patrimonial e econômica (controlar o dinheiro, impedir de trabalhar, destruir os pertences, ocultar bens e propriedades); e a psicológica (humilhar, insultar, isolar, perseguir, ameaçar).

Embora os índices dessa violência, em nossa cidade, sejam preocupantes, há que se enaltecer a atuação da equipe do Creas, em consonância com a Rede Catarina de Proteção à Mulher, da Polícia Militar. Portanto, mulher, não abra mão de sua intocável dignidade. Denuncie! Procure ajuda! O Creas do bairro Nova Brasília, fica na Rua José Emmendoerfer, 328, telefone 3371-8445, e-mail: id9573@jaraguadosul.sc.gov.br.

O local conta com profissionais especializados, incluindo psicólogo e assistente social, preparados para esse tipo de atendimento. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Juntos podemos fazer a diferença. “Quando o mundo inteiro está em silêncio, até mesmo uma só voz se torna poderosa”. (Malala Yousafzai).