A revolução tecnológica que rege o mundo, determina que qualquer organização, pública ou privada, que queira se manter viva e atuante, deverá se permitir, estrategicamente, uma ampla transformação digital. A concepção de cidade já não se esgota em um aglomerado de prédios, avenidas, automóveis e praças. Cidades digitais já deixaram de ser ficção e passaram a determinar um novo padrão de organização e convivência social.

Se as novas tecnologias digitais conferem ao setor privado maior produtividade, competitividade e crescimento no mercado, no setor público deve-se buscar, por meio da transformação digital, melhor prestação de serviço ao cidadão contribuinte e, por conseguinte, permitir sua interatividade e participação no processo. A mensagem disruptiva aqui implícita nos traduzir que, o mundo tecnológico requer governo tecnológico, capaz de desburocratizar, desonerar e otimizar a dinâmica de funcionamento da gestão e da sociedade, por meio de soluções tecnológicas.

Atenta à tal disrupção, a prefeitura de Jaraguá do Sul, acaba de lançar o App Jaraguá na mão. Trata-se de um aplicativo digital que oferecerá à população, de forma ágil e facilitada, uma vasta gama de informações e serviços públicos. Esta ferramenta tecnológica estreitará laços entre a administração pública e o cidadão, permitindo a este, os melhores caminhos para soluções de suas demandas.

Que a governança digital continue sendo um propósito estratégico da atual gestão pública de Jaraguá, com vistas a uma administração visionária cada vez mais inteligente, transparente, eficaz, eficiente e colaborativa, focando o cidadão como prioridade.