Na última semana falamos sobre a endometriose e suas características. Hoje vou falar para vocês sobre a adenomiose. Uma situação muito parecida com a última, porém com seus detalhes e pormenores.

A adenomiose é a presença de células da camada interna do útero no interior da musculatura do mesmo órgão. Para entender melhor vou comparar com uma parede de uma casa.

Nas paredes de casa temos os tijolos e a tinta. A tinta seria a camada interna do útero e os tijolos seriam a camada muscular. A adenomiose na parede de casa, seria quando tivesse tinta no meio dos tijolos.

Essa condição pode trazer como sintomas: dor pélvica, sangramento, infertilidade. Ou ainda, as pacientes podem ser assintomáticas, ou seja, não apresentarem nenhum sintoma.

O diagnóstico pode ser feito através da realização de ultrassom transvaginal ou ressonância magnética. O segundo método é mais eficaz para diferenciar a adenomiose da leiomioma, mais conhecida como mioma uterino.

O tratamento dos sintomas como sangramento, dor e infertilidade pode ser feito com medicamentos indicados pelo ginecologista e infertileuta (médico especialista em infertilidade e reprodução humana), porém, o definitivo só é possível com a retirada do útero.

Em algumas mulheres os sintomas desaparecem com a chegada da menopausa, sendo dispensável os medicamentos e a cirurgia.

Onde encontrar

O Dr. Marcelo Langer atende apenas consultas particulares na Policlínica Rio Branco que fica na Rua Barão do Rio Branco, 207, sala 5, no Centro de Jaraguá do Sul. Contato pode ser feito pelo telefone: 47 3275-1063 ou 47 99924-7779 (Whatsapp). Fique por dentro das novidades pelo Facebook e Instagram (@drmarcelolanger).