Achaste o título curioso? Concordo, afinal, como é que uma verdade pode ser mentirosa? Ocorre que na cabeça humana há verdades que se confundem com inverdades. Você já deve ter ouvido dizer que – uma mentira muitas vezes repetida acaba virando verdade... Pois é, nós todos convivemos com mentiras que adotamos como verdades. Exemplos mais imediatos os famosos – não posso, não tenho jeito, não tenho talento, não tenho sorte...

Quantas vezes usamos de uma dessas “mentiras” como verdade? E você sabe que somos o que pensamos. Se vivo o tempo todo gemendo a minha sorte, me vendo um perdedor, um sem-graça, um sem sorte, pronto, sou tudo isso e mais um pouco. Agora, pergunto: é verdade? Não, não é, mas passa a ser verdade a partir do meu modo mentiroso de pensar. Vale para o João, para a Maria, para a mãe Joana...

Quando dizemos que algo não vai melhorar, bah, é preciso uma ajuda metafísica, “divina”, para que a “profecia” não se confirme. Estamos, num caso desses, usando como verdade uma mentira. Somos o que repetidamente pensamos. O diacho é que a maioria dos humanos pensa que o pensar é só pensar, que a coisa fica por ali mesmo e se esvai. Erro danoso.

Nossos pensamentos são energias que mandamos para o espaço, a exemplo de um bumerangue. Mas você sabe, jogamos o bumerangue, ele se vai, mas... Volta, ô, se volta. Pensar, pensar e pensar que vai dar certo vai dar certo, na absoluta maioria das vezes. Agora, é bom lembrar para não deixarmos para muito tarde esse ato de consciência.

Às vezes, já é tarde demais quando começamos a mudar o jogo... As prorrogações no futebol e na vida têm tempo determinado... Que não esperemos pelo relógio da vida trocar o tic-tac, tic-tac, pelo agora é tarde, agora é tarde, agora é tarde... Em muitas coisas na vida começamos titubeantes, mas de tanto nos repetirmos nessa coisa ela virá certeza e facilidades. Muita gente não faz apostas de nenhum tipo porque se acredita sem sorte... Vai continuar sem sorte, afinal, quem não sabe que a sorte não ajuda a quem não se ajuda. – Ah, tens razão, está ficando tarde, preciso correr, a lotérica já está quase fechando...

PORVIR

Já contei várias vezes de um colega que tenho em Porto Alegre e que sempre que está num mau momento diz que – “O que é do “home”, o bicho não come”. E até hoje ele está numa boa. Mas tenho também outro colega, esse de Florianópolis, que anda nos mesmos trilhos. Diante de uma encrenca qualquer, ele não titubeia e diz: - “Prates, o meu melhor está por vir”. E olhe, ele sempre me parece ótimo. Otimismo parece mesmo que funciona...

TROUXAS

Pela imagem deles já dava para dizer muito, mas... Fico no que eles disseram numa “grande” tevê... Pregavam sexo variado, manifestavam-se contra o casamento alongado e com uma só pessoa, diziam que a vida é muito curta para uma pessoa ficar o tempo todo com uma só... Tem cabimento? Será que esses imbecis não sabem que quando amamos alguém queremos esse alguém só para nós? E dão espaço para essa gentalha na tevê...

FALTA DIZER

Não vou dar o nome da “Sociedade...” pode vir um “analfa” mais tarde para dizer que não é verdade, mas foram eles, os da tal Sociedade... quem alistaram a pílula anticoncepcional entre as danações. As mulheres danam sua saúde com anticoncepcionais, mas os homenzinhos ficam quietos. Os caídos dizem que é problema delas. Olho vivo, mulheres!