Faz tempo que eu imagino uma pesquisa. Pesquisa onde os pesquisados vão votar de modo anônimo e ninguém lhes vai descobrir suas identidades... Uma pesquisa fogosa e de avaliação do caráter do povo... Sabemos que de cara limpa, olho no olho, ninguém é louco para se dizer desonesto, todos juram de mãos cruzadas que são honestos e fiéis a Jesus... Nunca até hoje conheci um fiel a Jesus, conheci, isso sim, multidões de fiéis da boca para fora, esses todos que andam por aí... Se os hipócritas fossem mesmo seguidores do Cristo em que dizem acreditar, o mundo seria um paraíso cheio de maçãs intocadas... E a pesquisa? A pesquisa teria uma única pergunta: - Você trocaria o seu sono da noite por muito dinheiro, dinheiro que você pegaria de modo ilícito mas “seguro”, ninguém ficaria sabendo? Aposto todos estes dedinhos que aqui estão conversando com você que a resposta de 99.86% seria sim, aceitariam perder o sono por esse dinheirão e pelo poder que ele pode significar... E após a resposta, bateriam o telefone e esfregariam as mãos, “Oba, vou ficar com muita grana a troco de perder o sono... Pois sim, perder o sono, eu dou um jeito e vou dormir bem!”... Foi assim que pensaram os vagabundos esses acusados na Lava Jato. E assim pelo mundo pensam os safados que delinquem apostando na impunidade gerada por seus cargos, “prestígios” e acumpliciamentos... Aliás, acabei de ver um resumo da vida do ex-ditador do Panamá Manoel Noriega. Ele morreu por estes dias aos 83 anos, foi ditador sanguinário de 83 a 89, aliado dos americanos. Pouco tempo depois, os americanos lhe roeram a corda e ele foi preso. Ficou preso até quase a hora da morte, sofrendo um problema de saúde atrás do outro. Morreu descaído, com uma cara de múmia, coitado... Valeu a pena todo aquele esquema de ditadura, poderes ilimitados e os característicos excessos que são permitidos a um déspota? Valeu nada. Mas na hora de pensar o golpe, assumir os riscos, invadir a pista das ilicitudes, o falso esperto pensa que sim, que tudo vai dar certo. Nunca deu. Nada vale a pena em troca do sono tranquilo, nada. Ninguém consegue ser feliz com cabeça estonteada, cheia de grilos... E viver em paz é uma possibilidade de todos nós. Com a cabeça em paz, feijão com arroz e um copo de limonada é banquete no Olimpo da vida. Malas Não, não vou falar de pessoas, vou falar de malas mesmo. Agora, por convenção internacional, quem tiver uma mala extraviada em viagem para o exterior será indenizado em mais ou menos (cotação do euro do dia) R$ 4.500,00. Muitos estão berrando contra a medida. Ah, para quieto, bobão, vais me dizer que as tuas roupinhas valem mais que 4,5 mil? Conta outra! Ademais, ninguém coloca objetos de valor nas malas. Povo Para correr às agências da Caixa e pegar misérias do FGTS sabem direitinho o caminho e a hora, mas para vacinar-se ou aos filhos, ah, isso não, para isso falta tempo. Muitos estão faltando ao trabalho por gripe. Fizeste a vacina? Não. Então, passa no RH, demitido... E acabei de ouvir uma médica sanitarista dizendo que não aguenta mais atender gurias de 12 anos com doenças sexualmente transmitidas... E os pais delas? Esses têm que levar uma sova. Falta dizer Todos os dias na televisão imagens de hospitais públicos caindo aos pedaços, sem médicos, vagas, remédios, nada... E são hospitais para os pobres. Só com uma única propina dos canalhas da Lava Jato e tudo estaria resolvido. Ferro neles, “ferro”, eu disse.