Foto Divulgação
Foto Divulgação

Acho que a leitora vai concordar comigo, acho, não tenho certeza. Já os que costumeiramente andam na contramão dos bons costumes podem virar a página. Vou falar de incômodos meus. São muitas as histórias, vou pegar algumas.

Dia destes, uma atriz mandou um puxão de orelhas a uma professora da filha dela. A tal professora postou nas redes sociais um recado às mães no sentido do que fazer para conviver melhor com os filhos durante a “estiagem” das aulas, todos em casa.

A atriz, pelas mesmas redes sociais, disse que a professora pisara na bola, que o recado tinha que ser para as mães e para os pais. Por que os pais ficaram fora da advertência? – Ah, pra quê!

A professora fez beiço com a advertência que lhe fora dada. E a atriz retrucou: Por que só as mães têm que fazer esse trabalho? E por que não os pais, os homens, ficam de fora? Que machismo é esse? Ela tem toda a razão.

Só que nesta sociedade estulta em que vivemos as lidas da casa, lavar, passar, cozinhar, cuidar do marido, florzinha da mamãe, e dos filhos são de responsabilidade das mulheres... É o que pensa a maioria dos mandriões por aí. Meus aplausos para a atriz, cujo nome não importa...

Uma outra, jovem ainda, que um dia se alçou à condição de cantora, mas bastou achar um “cueca-úmida” para encerrar a carreira, veio às redes sociais para falar das aventuras do sexo anal, detalhes e tudo o mais. Pode isso? Perderam a vergonha, se um dia a tiveram.

Essa mesma mulher postou imagens dela pelada tomando banho com o filho, um guri de quatro anos. Uma criança, dizem os abobados da enchente.

Negativo, o guri já está saindo do período de molde, que são os cinco primeiros anos de vida, que promiscuidade é essa, “mamãe”?

– Ah, e quase esqueço, uma “cantora” famosíssima no país (famosa para os tipos iguais a ela...) postou imagens do traseiro dela, completamente nu, arqueado.

Isso quando ela não dança por vários minutos só com o traseiro, a voz (que ela não tem) fica lá atrás. E ninguém bate na mesa e proíbe esses descaros.

Ai de quem o faça, será crucificado como um déspota, censor e preconceituoso. Agora é assim, um viva da pátria! Lixos.

Não

Você pode ter certeza de que se encontra diante de uma pessoa fraca quando uma proposta lhe é feita e ela diz que vai pensar. O vai pensar é “não”, mas a pessoa é fraca para dizer não.

Os bons vendedores sabem disso, e nesse momento fazem uma curva no argumento de vendas, e o frágil acaba dizendo sim. É saber da psicologia da persuasão e dos tipos psicológicos que andam por aí. E o resto é sim...

Povo

Em Florianópolis, num muro pintado, um idiota escreveu: - “Com o povo no comando o mundo será novo”. Baita estupidez.

Primeiro por riscar o muro e depois por não entender que se os governos não prestam é por culpa do povo. Com esse povinho que anda por aí, nem a pau, Juvenal. Vamos continuar Pátria Amada Brasil...

Falta dizer

Diz Salomão nos Provérbios que no muito saber está a angústia. Incontestável. Quem acompanha atentamente às notícias do dia vai chegar à noite mentalmente combalido. Mas não há como escapar, ignorar. Dar de ombros aos fatos leva à estupidez e ao modo como votam os brasileiros. É preciso achar um alívio, nunca, todavia, dar de ombros. À luta pelo melhor!

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul