Se houvesse um mapa da felicidade, você saberia apontar onde ela está, onde ela mora? Poucas pessoas sabem desse “endereço”. Antes de puxar a cortina da nossa conversa, preciso dizer que ontem, sem ter o que fazer, fui aos meus arquivos temáticos.

Faz tempo que organizo esses arquivos, onde guardo exemplos de todo tipo sobre a condição humana. Reencontrei nos arquivos a história de um americano que ficou em coma por nove anos. Nove anos “morto”.

A família nunca se deu por vencida, lutou como pôde por ele. Pois, não é que aconteceu o milagre? O tal cidadão num certo dia “acordou”. E ao acordar pediu por uma Coca-Cola, sem nenhum marketing de embuste.

A primeira pergunta que ocorreu ao pessoal da assistência médica foi porque ele pediu o refrigerante? Ora, porque “acordou” e sentiu sede.

A partir daí, o cidadão foi virado ao avesso, fizeram-lhe todas as perguntas possíveis, ele não soube responder a nenhuma, simplesmente porque estava “dormindo”. Dormindo? Sim, sem consciência não há desejos, vivências, felicidades ou infelicidades, a pessoa simplesmente está fora da vida, sem consciência.

Pronto, chegamos ao ponto. Lá em cima lhe perguntei se você sabia onde mora a felicidade... E disse que poucos sabem dessa resposta, mas a resposta é simples, a felicidade, e sua irmã gêmea, a infelicidade, mora nos nossos pensamentos.

O cidadão em coma desligou-se do cotidiano, da vida, não sofreu, não foi feliz nem infeliz. E a razão é essa de que falei, a felicidade ou as inquietações humanas não estão em outro lugar senão em nossos pensamentos.

Sem pensamentos não sofremos, mudando os pensamentos poderemos ser felizes, porque no mais das vezes nossos pensamentos são de inquietações, sofrimentos, frustrações e, claro, por consequência, infelicidade.

A possibilidade de ser feliz é de todos, de qualquer um, até do mendigo que mora debaixo da ponte. Tudo vai depender dos pensamentos. Pensou positivo, vive ou viverá feliz. Pensou negativo, como a estúpida maioria faz, não há escape, é infelicidade garantida.

Quanta vezes você recebeu uma notícia e ficou triste, infeliz mesmo, mas até saber dessa notícia estava numa boa? Várias vezes.

A razão é simples, sem consciência, sem pensamentos ou informações, estamos na inconsciência de um estado comatoso sem o coma... Encerrando a conversa, não há saída, ou pensamos no bem, ou vamos sofrer, infelizes. Sem choro nem orações...

Ferro

Sim, ferro nos “disfarçados” que pregam ou tentar legislar sobre proselitismos políticos em sala de aula, dos bebês aos últimos anos de faculdade. Não é não, sem essa de liberar para “opiniões” estranhas à matéria de aula. Escola Sem Partido sim... Antes do proselitismo político o boca-aberta que vá estudar mais, se qualificar mais para entrar em sala de aula. Ou isso ou “ferro”...

Selfies

Fato. Os pais foram passar férias na Europa, 15 dias em Paris. Um dos filhos, enquanto os pais estavam fora, decidiu estudar tudo o que podia sobre Paris. Quando os pais voltaram e começaram a contar sobre Paris, o filho sabia mais que eles… Ah, é claro, os pais, todavia, trouxeram centenas de selfies. Gentalha!

Falta dizer

Você sabia que neste momento um dono de loja de sapatos está abrindo uma filial e um outro, também dono de loja de sapatos, está fechando a loja? Ué, por que se o mercado é o mesmo e assim os produtos? Ora, a exemplo de tudo na vida, criatividade, inovação, fé e investimentos corajosos produzem resultados, já as incompetências produzem falências, desde Adão e Eva... Não é o mercado, são as pessoas...

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul